Certo pelo duvidoso

Certo pelo duvidoso

Escassez de centroavantes no Brasil fortalece importados e deixa promessas nacionais em xeque. Flamengo está dividido entre Uribe e Lincoln. Barcos e Raniel disputam vaga no Cruzeiro para o duelo pelas oitavas

Marcos Paulo Lima
Marcos Paulo Lima
postado em 08/08/2018 00:00
 (foto: Fotos: Gilvan de Souza/Flamengo)
(foto: Fotos: Gilvan de Souza/Flamengo)




O duelo de hoje entre Flamengo e Cruzeiro, às 21h45, no Maracanã, pelas oitavas de final da Libertadores, tem a oferecer aos torcedores dos dois clubes e à Seleção um artigo de luxo para a Copa América de 2019 no Brasil e o Mundial de 2022 no Catar: centroavantes jovens fabricados em casa. Um mês depois de Gabriel Jesus passar em branco na Rússia, Tite mapeia os promissores Lincoln, de 17 anos, e Raniel, 22. No entanto, a evolução dos dois esbarra em um vício. Carentes de camisas 9, os times do país escalam cada vez mais estrangeiros na posição.

Prestes a perder o peruano Paolo Guerrero para o Internacional, o técnico Maurício Barbieri não sabe se escalará Mateus Uribe ou Lincoln no confronto de ida contra o Cruzeiro. O colombiano tem um gol com a camisa do Flamengo na goleada por 4 x 1 sobre o Sport. Lincoln balançou a rede duas vezes nesta temporada. Uma contra o Bangu no Campeonato Carioca e outra diante do Grêmio na semana passada. ;O Lincoln tem evoluído muito, inclusive foi bem no último jogo. O Uribe tem nos ajudado muito, tem excelentes números e ainda está se adaptando ao nosso futebol. São opções;, despistou o treinador na entrevista de ontem.

A primeira alternativa seria outro gringo, porém, Guerrero foi duplamente vetado. ;O Guerrero está em fase final de recuperação do edema na coxa. Não estou descartando, mas é difícil;. O maior problema é a proximidade do fim do contrato do centroavante. O acordo expira na sexta-feira e ele tem sondagens do Inter e do Palmeiras. ;Sobre a renovação, manifestei o desejo de que ele permaneça, conversei com ele, a direção, mas é algo que foge da minha alçada;, explicou Maurício Barbieri.

Do outro lado, Mano Menezes vive um drama semelhante. O centroavante titular não é estrangeiro, mas se recupera de contusão. Fred não tem condição de jogo. Por esse motivo, o argentino Barcos foi contratado às pressas com a missão de substituí-lo. Entretanto, o jovem Raniel contabiliza sete gols na temporada e vem pedindo passagem. Ele conseguiu colocar um ponto de interrogação na cabeça do treinador para o duelo com o Flamengo. Foi dele o gol decisivo no triunfo contra o Santos na semana passada, no jogo de ida das quartas da Copa do Brasil.

;São dois jogadores de referência na área. Dois caras que fazem gol e ajudam muito o time. Para nós (do meio de campo), não muda quem vai jogar. O Barcos tem uma experiência muito grande, com carreira aqui no Brasil e fora. E o Raniel tem tudo para ser um grande jogador em nível europeu. Ele é decisivo quando chega na área. É novo, mas já ganhou muita experiência para esse tipo de jogo;, comentou o meia uruguaio De Arrascaeta.

O jogo de esconde de Flamengo e Cruzeiro vai além dos centroavantes importados ou nacionais. Maurício Barbieri faz mistério quanto ao substituto de Lucas Paquetá. O versátil jogador cumpre suspensão por ter recebido o terceiro cartão amarelo no empate por 0 x 0 com o River Plate na fase de grupos. Três nomes estão cotados: os volantes Piris, recém-contratado, Jean Lucas e Willian Arão. Outra disputa é entre Vitinho e Marlos Moreno.

No Cruzeiro, os impasses também rondam o meio de campo. Thiago Neves e Robinho geralmente iniciam entre os 11, mas não estão garantidos. Pode ser que Rafinha ganhe uma chance. Outra alternativa é Mano proteger o time com com três volantes. Neste caso, Bruno Silva reforçaria o setor ao lado de Henrique e de Lucas Silva.



LINCOLN

Autor do gol de empate do Flamengo contra o Grêmio na semana passada, em Porto Alegre, Lincoln, de 17 anos, está no radar de Tite para o novo ciclo até a Copa de 2022



URIBE
O centroavante colombiano Mateus Uribe chegou para substituir o peruano Paolo Guerrero, ameaça deixar o menino Lincoln no banco, mas só fez um gol até agora



RANIEL E BARCOS

O promissor Raniel colocou ponto de interrogação na cabeça do técnico Mano Menezes. O treinador não revelou se usará o jovem de 22 anos, autor de sete gols na temporada, ou o experiente Hernán Barcos. Contratado no meio da temporada para suprir a ausência de Fred, o Pirata balançou a rede apenas uma vez com a camisa celeste, contra o Atlético-PR


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação