Jelder sai do coma

Jelder sai do coma

Jelder Eric de Sousa, encontrado inconsciente no início do mês no Setor de Clubes Sul, após ser brutalmente agredido, está acordado e consegue movimentar algumas partes do corpo

ALAN RIOS ESPECIAL PARA O CORREIO
postado em 20/08/2018 00:00
 (foto: Arquivo Pessoal
)
(foto: Arquivo Pessoal )

O jovem encontrado espancado no Setor de Clubes Sul no início do mês saiu do coma ontem. Jelder Eric de Sousa, 25 anos, está internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital de Base, onde se recupera de agressão sofrida próximo ao Clube da Associação dos Servidores do Senado Federal (Assefe).

Os primeiros exames mostraram traumatismo cranioencefálico. Jelder sofreu diversas agressões, principalmente no rosto. A nova avaliação médica, no entanto, trouxe boas notícias. Ele está acordado, consegue movimentar levemente algumas partes do corpo, identificar as pessoas e recordar de fatos passados, como lembranças de momentos com a mãe, segundo o amigo Leonardo Dalla.

Cautela

Os médicos que cuidam do rapaz ainda não conseguem precisar se ele ficará com sequelas, mas já foi descartada a possibilidade de ele necessitar de hemodiálise, por exemplo. É possível ainda que precise passar por cirurgias, mas os próximos passos do tratamento ainda serão definidos pela equipe médica.

Jelder morava na 712 Norte e desapareceu em 4 de agosto, deixando para trás as chaves do apartamento ; que ficou com a porta aberta ;, óculos de grau e a carteira com documentos pessoais. Ele foi encontrado dois dias depois, em estado grave, sob a Ponte Honestino Guimarães. A 1; Delegacia de Polícia (Asa Sul) investiga o caso e ainda busca os responsáveis pelo crime. As investigações são mantidas em sigilo.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação