Woody Allen e as celebridades

Woody Allen e as celebridades

postado em 24/08/2018 00:00


Na noite de quinta-feira no hotel onde estava hospedado em Salvador, o juiz Sérgio Moro, diante de uma roda com delegados, lembrou operações da PF envolvendo um traficante em Curitiba. Um dos policiais perguntou como ele lidava com o assédio de populares. ;Tento não me preocupar com isso, mas evito exposições. Neste momento eleitoral, não tenho dado entrevistas, não tem a ver ficar falando;, disse.

Descontraído, foi questionado sobre o time que torce. ;Evito entrar em questões pessoais. Uma vez, fui para o campo e levantei os braços chamando um vendedor de comida. Fizeram uma foto, como se estivesse torcendo para um dos times (no caso, o Atlético-PR);, disse Moro. E lembrou um filme de Woody Allen, Para Roma com amor, no qual uma das histórias tem como protagonista um trabalhador que encontra uma celebridade. ;Não faz sentido responder sobre questões pessoais, se uma pessoa gosta de torradas com ou sem manteiga. Isso só alimenta essa história, não faz sentido.;

Do lado de fora do hotel onde Moro estava, cerca de 30 manifestantes pró-Lula portavam cartazes em defesa do ex-presidente e contra o magistrado, entretanto, não podiam ser ouvidos do lado de dentro do restaurante onde o magistrado jantava acompanhado de delegados da Polícia Federal que participaram do evento. (LC)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação