Veteranos em fases distintas

Veteranos em fases distintas

postado em 24/08/2018 00:00
 (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press - 10/11/16)
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press - 10/11/16)



Leandro David Bressan, 21 anos, e Marina Nascimento, 22, estão entre os mais experientes da nova safra de nadadores brasilienses. Juntos, somam 386 participações em campeonatos nacionais. Para o Troféu José Finkel, buscam objetivos diferentes. Ele, a oportunidade de melhorar as marcas pessoais. Ela, índices para o Mundial.

Leandro começou a nadar aos nove anos no colégio. À época, ele praticava futsal e natação, quando precisou escolher apenas uma modalidade. Ficou com as piscinas. O jovem acreditava que o esporte individual poderia lhe trazer mais oportunidades. O primeiro grande adversário foi o cloro, proibido de treinar em piscinas com o produto por causa do tratamento de uma alergia. Na procura de clubes com águas tratadas com sal, o rapaz chegou ao Iate Clube, onde treina até hoje.

Especialista no estilo peito, o jovem vai para o Finkel se recuperando de uma lesão na virilha. Por esse motivo, não acredita na vaga para o Mundial. ;Estou focado em ficar 100% até o início do ano que vem. O Troféu Brasil 2019 classifica para o Pan-Americano. Quero buscar uma vaga;, planeja. Morador do Lago Norte, atualmente é o melhor nadador dos 200m peito absoluto em Brasília. Na categoria sênior, lidera o ranking do Centro-Oeste. No mês passado, participou dos Jogos Pan-Americanos Universitários, em São Paulo, e conquistou uma medalha de prata e duas de bronze.

Mineira de coração brasiliense, Marina Nascimento é original de Juiz de Fora, mas veio para Brasília ainda recém-nascida. A natação entrou na vida da atleta aos três anos para tratar problemas respiratórios. Profissional desde os 13 anos, foi atleta do Flamengo e hoje defende o Unisanta, de Santos, mesmo morando na capital do país. Ela treina nas piscinas do Iate Clube. Segundo a nadadora, se o desempenho se mantiver em alto nível, ela poderá continuar vivendo no DF.

No Troféu José Finkel, Marina participará de três provas no estilo costas. O principal objetivo é a vaga para o Mundial. ;Eu venho me preparando diferente para o Finkel, porque é uma competição que vai acontecer em piscina curta (25m), onde você usa mais as pernas. Então, desde que acabou o Troféu Maria Lenk, o meu técnico vem focando essa parte da técnica submersa;, explica. Em abril, Marina conseguiu o melhor desempenho pessoal nos 200m costas. Com o tempo de 2m14s69, garantiu a medalha de bronze no Maria Lenk. Nas piscinas curtas do Finkel, pretende alcançar 2m09s.

* Estagiária sob a supervisão do subeditor Fernando Brito



;Estou focado em ficar 100% até o início do ano que vem. O Troféu Brasil 2019 classifica para o Pan-Americano. Quero buscar uma vaga;
Leandro Bressan, nadador especialista do estilo peito





Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação