Cronograma fica para hoje

Cronograma fica para hoje

» ANA VIRIATO
postado em 24/08/2018 00:00
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) adiou para hoje a divulgação oficial do tempo de propaganda gratuita na tevê e no rádio dos candidatos ao pleito de outubro. Uma alteração técnica no Sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) inviabilizou a distribuição do horário aos postulantes à Câmara Legislativa. Por causa da pendência, a Corte convocou representantes de partidos políticos e de emissoras para uma nova reunião, prevista para as 14h. Após o encontro, serão divulgados os cronogramas de todos os concorrentes a cargos eletivos na capital.

Apesar do erro técnico, os sorteios de tempo, ordem de exibição e sobras de tempo dos candidatos aos postos de governador, senador e deputado federal não sofrerão alterações em relação à definição de ontem. A transmissão da propaganda eleitoral começa no próximo dia 31 e vai até 4 de outubro, três dias antes das eleições.

Os candidatos ao GDF dividirão dois blocos de nove minutos, às segundas, quartas e sextas-feiras. Pelas regras da legislação, 90% do tempo será distribuído proporcionalmente às legendas com base no número de representantes na Câmara dos Deputados. Repartidos igualitariamente, os demais 10% ficam com todas as siglas do país. Para o Senado, a base de cálculo é a mesma. Contudo, os concorrentes têm direito a blocos de sete minutos.

Conforme projeções iniciais, o tempo de tevê e rádio dos postulantes ao Palácio do Buriti não será tão destoante quanto em 2014, quando o então candidato à reeleição, Agnelo Queiroz (PT), fez uso do dobro de minutos que o segundo colocado, à época, Rodrigo Rollemberg (PSB). Neste ano, seis concorrentes permanecerão na faixa entre um e dois minutos no ar. São eles: Alberto Fraga (DEM), Eliana Pedrosa (Pros), Ibaneis Rocha (MDB), Miragaya do PT, Rodrigo Rollemberg (PSB) e Rogério Rosso (PSD).

Fator surpresa
Os outros cinco concorrentes, devido à baixa ou nenhuma representação na Câmara dos Deputados, terão de 12 segundos para menos de transmissão. Estão enquadrados, nesse caso, Alexandre Guerra (Novo), Fátima Sousa (PSol), Guillen (PSTU), Renan Rosa (PCO) e Paulo Chagas (PRP).

Além dos dois blocos de nove minutos, cada, os candidatos ao GDF contarão com as chamadas ;inserções; diárias. Na prática, elas também servem para a propagação de propostas, apresentação de histórico e afins. A diferença, contudo, é que são transmitidas durante a programação normal das emissoras. A 1 hora e 10 minutos diária também será dividida por critérios de proporcionalidade. A distribuição, entretanto, acontece por meio do partido. O ;fator surpresa; é de extrema importância para os políticos, pois alcança até mesmo os eleitores que desligam tevês e rádios ou trocam de canal durante a propaganda eleitoral.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação