Eixo capital

Eixo capital

Ana maria campos/anacampos.df@dabr.com.br
postado em 30/08/2018 00:00

Candidato milionário doa R$ 700 mil para Rosso

Candidato com patrimônio declarado mais alto no país, Fernando Marques (SD) já tirou do bolso R$ 2 milhões como aposta nas eleições do Distrito Federal. Ele doou metade para a própria campanha ao Senado e o restante para os dois aliados da chapa. Na disputa ao Buriti, Rogério Rosso (PSD) recebeu R$ 700 mil. Cristovam Buarque (PPS) foi aquinhoado com R$ 300 mil. Dono da União Química, indústria farmacêutica, Marques declarou uma fortuna de R$ 668 milhões.



Aliado cobiçado

Nas últimas eleições, Fernando Marques foi um aliado cobiçado. Ele chegou a ser cotado para ser suplente de Rodrigo Rollemberg (PSB) em 2010, mas, na aliança com o PT, venceu a indicação de Hélio José, hoje no Pros, que acabou assumindo a vaga. Se os arranjos políticos fossem diferentes, o milionário seria hoje senador.





Começa a chover na horta de Fraga

O dinheiro do fundo eleitoral já começou a pingar na campanha de Alberto Fraga (DEM). Ele recebeu R$ 1 milhão do partido para a corrida ao Buriti. O montante representa 18% do total que cada concorrente ao Palácio do Buriti pode usar no primeiro turno.



Investimento no segundo turno

Grandes empresários têm sinalizado que, com o jogo tão embolado nas eleições ao governo do DF, vão deixar para apostar numa candidatura ao Palácio do Buriti apenas no segundo turno. Fica mais fácil do que pulverizar as contribuições agora.



Nova aquisição

A ex-subsecretária de Publicidade do governo Rollemberg Thiara Zavaglia começa hoje a trabalhar na campanha de Eliana Pedrosa (Pros). Ela trabalhou também no governo Roriz.




Aposta nos federais

O PR está gastando para eleger deputados federais. Flávia Arruda recebeu
R$ 2,4 milhões do comando nacional do partido chefiado por Valdemar Costa Neto. Laerte Bessa ficou com R$ 2 milhões.



Centrad!

Durante o confronto no debate do Correio, na última terça-feira, Rodrigo Rollemberg (PSB), fora do microfone, gritou três vezes seguidas para Rogério Rosso (PSD): ;Centrad;. Pareceu uma mensagem subliminar. O empreendimento é investigado na Operação Panatenaico, um desdobramento da Lava-Jato.



Só papos



;No meu governo, eu vou pagar a paridade da Civil e dar o reajuste da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros no primeiro dia, vou mandar a mensagem, e, no primeiro semestre, eu vou dar a terceira parcela (para os servidores). Rodrigo, com todo o respeito ao governador do meu estado, você é um mentiroso. O senhor não está fazendo a conta direito;

Rogério Rosso (PSD), candidato ao GDF





;Não sei de onde sairão R$ 842 milhões para pagamento do reajuste da Polícia Civil, nem R$ 2,8 bilhões para a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros. Você (Rogério Rosso) tem o Mágico de Oz ou o Papai Noel como secretário de Fazenda? Se fizer isso, o DF quebra antes do aniversário de Brasília. Isso é mentira. É demagogia;

Rodrigo Rollemberg (PSB), candidato à reeleição, no debate do Correio, transmitido pela TV Brasília




Justiça autoriza candidatura de Chico Leite

Candidato ao Senado, o deputado Chico Leite (Rede) conseguiu uma importante vitória na Justiça. O desembargador eleitoral Héctor Valverde Santanna negou liminar para suspender a candidatura impugnada pela Procuradoria Regional Eleitoral do DF. Na decisão, o magistrado entrou no mérito da questão ao afirmar que Chico não está incluído nas vedações previstas na Reforma do Judiciário para membros do Ministério Público. O entendimento é de que ele está licenciado do cargo de promotor de Justiça desde 2002, quando começou a exercer mandato na Câmara Legislativa, dois anos antes da regra entrar em vigor.




Ex-adversários, agora aliados

Nas eleições para a )residência da OAB/DF, Délio Lins e Silva Júnior ganharam o apoio de mais de 3,5 mil advogados que participaram de evento no Lago Sul, na noite de terça-feira. Entre os apoiadores, está a vice-presidente da OAB/DF, Daniela Teixeira, que rompeu com a administração atual, comandada por Juliano Costa Couto, e anunciou adesão à candidatura de Délio. A advogada já havia publicado nas redes sociais uma mensagem contra o atual presidente. Jacques Veloso, o candidato da situação, tem o apoio de Juliano e de Ibaneis Rocha (MDB).




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação