Dia bom para os artilheiros

Dia bom para os artilheiros

Jael marca duas vezes na vitória do Grêmio sobre o Botafogo. Jogador alvinegro pede competitividade à equipe carioca

postado em 02/09/2018 00:00
 (foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)
(foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

As tais coisas que só acontecem com o Botafogo não podem ser levadas em conta na derrota de ontem diante do Grêmio, na Arena, em Porto Alegre. O time dirigido por Zé Ricardo simplesmente não mostrou vontade em campo, na abertura da 22; rodada do Campeonato Brasileiro, e acabou goleado pelos donos da casa por 4 x 0. O tricolor gaúcho, embalado pela classificação emocionante na Copa Libertadores e contando com uma tarde inspirada do atacante Jael, se manteve na cola dos líderes. O centroavante, apelidado de Cruel, marcou os dois primeiros gols, enquanto que Alisson e André ampliaram.
A vitória coloca o Grêmio de forma provisória na quarta colocação, com 40 pontos, deixando para trás o Palmeiras, que entra em campo hoje contra a Chapecoense, em Chapecó (SC). Por outro lado, o Botafogo estacionou nos 25 e começa a se aproximar da zona de rebaixamento, em 13; lugar.

Renato Gaúcho quebrou uma marca história ao se tornar o treinador que mais comandou o Grêmio em partidas pelo Brasileirão: 133 jogos, deixando para trás Luiz Felipe Scolari, atualmente no Palmeiras, com 132. O time gaúcho volta a campo nesta quinta-feira contra o Santos, às 19h, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, enquanto que o Botafogo recebe o Cruzeiro na quarta, às 19h30, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro.

Para o volante Jean, o único jogador do clube carioca que aceitou falar após a partida, faltou competitividade ao Botafogo. ;No segundo tempo, não dá para justificar que é por conta de um campo um pouco impraticável (pesado devido à chuva), digamos assim. Acho que a derrota veio mais no primeiro tempo, quando ainda tínhamos a oportunidade de fazer um futebol mais competitivo, mais brigado;, analisou o jogador. ;Agora, não tem o que falar. A gente tem que parar de falar um pouco e fazer mais. Como fizemos dentro de casa contra o Sport (na vitória por 2 x 0);.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação