Preparação a todo vapor

Preparação a todo vapor

Especial do Correio com conteúdo exclusivo para o exame estreia amanhã, com dicas e serviços que auxiliarão os candidatos na preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio. Haverá simulado on-line, oficinas, lives e muito mais

JAIRO MACEDO ESPECIAL PARA O CORREIO DARCIANNE DIOGO*
postado em 02/09/2018 00:00
 (foto: Marília Lima/Esp.CB/D.A Press)
(foto: Marília Lima/Esp.CB/D.A Press)


Está chegando a hora. O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será aplicado em 4 e 11 de novembro, envolvendo mais de 5,5 milhões de estudantes por todo o país. No Distrito Federal, 106 mil pessoas comparecem aos locais de prova. Pensando nisso, estreia amanhã o Especial Enem do Correio, recheado de atividades: às segundas-feiras, caderno semanal no jornal impresso, sempre com uma área de conhecimento da prova como tema; às terças, lives nas redes sociais; às sextas, videoaulas de redação. Além disso, o projeto conta com hotsite on-line com atualização diária (www.correiobraziliense.com.br/euestudante/enem-2018), cujo conteúdo estará disponível a partir de segunda, simulados e oficinas de redação.

Com o auxílio de parceiros de tradição no sistema de ensino do Distrito Federal, o conteúdo chegará ao leitor como auxílio aos estudos e ferramenta de medição de desempenho. Dois simulados on-line estarão abertos nos períodos de 23 a 29 de setembro e de 21 a 27 de outubro. Uma vez inscrito, o candidato dispõe do mesmo tempo de prova que terá no exame (5h30 para linguagens, ciências humanas e redação, e 4h30 para ciências da natureza e matemática).

;Cada prova tem 45 questões e, nelas, são exigidas diversas habilidades, muitas vezes na mesma pergunta. Pelo levantamento feito por nós, apenas duas habilidades apareceram três vezes em 2017. O resto vem diluído num conteúdo extenso e interdisciplinar;, explica César Augusto Severo, diretor pedagógico do cursinho pré-vestibular Exatas, responsável pelos simulados.

Rafael César Prede, 17 anos, aluno do Colégio Presbiteriano Mackenzie, procura tempo para estudar diariamente para o exame. Ele ainda não definiu qual graduação fazer, mas afirma que será na área de engenharia. ;Para fazer o Enem, tento focar nas matérias que mais têm a ver com o curso, que são física, química, biologia e matemática;, afirma.

Karen Chrockatt, 17, tem se dedicado à revisão. Segundo ela, a essa altura, esse método é o ideal para garantir aprovação. ;Muitas vezes, esquecemos os conteúdos que aprendemos, e o Enem junta os assuntos de todos os anos do ensino médio;, diz. Vitor Simbalista, 17, está focado na resolução de questões de edições anteriores. ;Refaço as provas passadas, pois elas são importantes e nos dão uma base maior. Não é a mesma coisa, mas os conteúdos são sempre similares.;

Simulados

Diferentemente dos sistemas tradicionais, que calculam o total simples de acertos e erros, a TRI prevê um nível de proficiência para cada questão do exame. Desse modo, mede a dificuldade prevista em cada uma delas, entre fáceis, médias e difíceis. Com a curva de proficiência prevista, a teoria é capaz de buscar a coerência das respostas e deduzir, com razoável exatidão, a possibilidade de ele ter marcado o item correto ao acaso. Ou, se preferir, o popular ;chute;.

;Há confiabilidade de que ele acertou sabendo o que estava fazendo, não usando de artifícios aleatórios. No nosso simulado, será assim;, explica César Augusto Severo. Se há um acerto previsto, o estudante ganha o valor ;cheio; da questão. Os acertos que não condizem com o todo da prova do candidato também garantem pontuação, mas não na mesma proporção. ;A maioria dos alunos não entende. Tentamos passar a eles a informação fundamental do TRI, de modo que entendam qual o comportamento ideal na sua preparação e durante a prova. O simulado on-line virá para solidificar essa preparação.; No Enem, marcar um item errado não resulta em penalização negativa; portanto, vale marcar tudo: a lógica de deixar um item em branco no caso de não saber a resposta não se aplica ao exame.

Yasmin Ivanoscki, 16, cogita estudar biomedicina, graduação disponível, em Brasília, apenas na Universidade Católica de Brasília (UCB). ;Para chegar lá, acredito que cada estudante deve estudar as matérias nas quais sente mais dificuldade;, diz. Não por acaso, Yasmin estuda diariamente as matérias de química, física e matemática, disciplinas que mais a preocupam.

Redação
Para que os alunos aprimorem a escrita da redação, Dad Squarisi, professora e editora de Opinião do Correio, preparou o projeto O Zorro e a redação nota 1.000. Nele, estão previstos um caderno especial sobre o tema, a ser publicado em 29 de outubro, e 10 videoaulas com dicas. Estas saem sempre às sextas-feiras, no site do especial.

A primeira videoaula, disponível em 7 de setembro, trata do treinamento da escrita. ;Para ser um bom atleta, é preciso treinar várias horas. O redator, por sua vez, treina escrevendo;, afirma Dad. ;O segundo vídeo será sobre o uso da norma culta, a língua que a gente aprende na escola. São drops de conhecimento, vídeos curtos que falam sobre os detalhes de uma boa dissertação.;

Preocupado em melhorar a escrita, Rafael César participa de plantões no colégio, nos quais escreve textos que são revisados em seguida pelos professores. ;Sinto que tenho que me dedicar mais aos estudos e melhorar na redação, pois minha aprovação depende dela.;

Haverá espaço ainda para três oficinas presenciais, gratuitas e abertas a todos os interessados. Dad Squarisi ministrará três atividades, duas delas sobre redação (em 20 de setembro e 16 de outubro) e uma com dicas de língua portuguesa e interpretação de texto (25 de outubro). Inscrições estarão abertas em breve no site.

* Estagiária sob supervisão de Ana Sá

Live na próxima terça-feira. Não perca!
Cada caderno temático sobre uma área de conhecimento, publicado às segundas-feiras, terá desdobramentos na live do dia seguinte, sobre o mesmo tema. A primeira live, em 4 de setembro, contará com os professores de matemática Paulo Luiz Ramos e Gabriel Silva Carvalho. As lives ocorrerão sempre às 14h, no Facebook do Eu, Estudante (www.facebook.com/euestudante).

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação