Quer entrar para o Exército?

Quer entrar para o Exército?

Especialistas dão dicas para candidatos que querem ter êxito no Exame de Aptidão Física (EAF) de duas seleções para aspirante e oficial temporário

Tayanne Silva*
postado em 02/09/2018 00:00

Interessados em ingressar no Exército precisam priorizar os treinamentos dos exercícios práticos, visando às seleções para Oficial Técnico Temporário (OTT) ou Estágio de Adaptação e Serviço (EAS) e ao Estágio de Instrução e Serviço (EIS), em caráter voluntário. As vagas são para a formação de cadastro reserva de cargos de graduação. Para concorrer aos processos seletivos, é preciso ter menos de 38 anos até 31 de dezembro de 2019. Além disso, o edital exige ensino superior (bacharelado/licenciatura/tecnólogo) na área de interesse. As provas físicas serão aplicadas em 22, 23 e 26 de novembro (para OTT) e de 11 a 13 de dezembro (EAS e EIS). A altura mínima é de 1,60m para homens e de 1,55m para mulheres. O organizador dos dois processos seletivos é o Comando da 8; Região Militar.

O candidato aprovado na seleção entrará no Exército como aspirante a oficial temporário e fará o Estágio de Adaptação e Serviço (EAS), com a duração de 12 meses. A partir desse momento, o aprovado passará por um treinamento em duas fases.
Os editais esclarecem que gestantes não podem fazer a prova física e a 1; fase do estágio de serviço técnico, devido à incompatibilidade da gravidez com os esforços físicos militares a serem desenvolvidos nessas fases. ;Esse assunto é alvo de constantes discussões. A maioria dos editais que vetam a participação de mulheres grávidas alegam que os testes, somados à tensão da etapa, oferecem perigo para a saúde do feto e da gestante. Assim, como o bem maior é e sempre será a vida, os processos seletivos zelam pela integridade de ambos;, observa o professor de educação física Guilherme Lazo Solano. ;É um tema polêmico, uma vez que temos mulheres gestantes que são atletas e mantêm suas rotinas de treinos até o parto;, pondera.

Abdominal supra
O exame físico será aplicado no primeiro dia junto à flexão de braços. Homens farão 20 sessões e mulheres, 14. O exercício é considerado de dificuldade mediana. Sem um treinamento prévio, o candidato encontrará dificuldades para fazê-lo. ;Porém, isso depende de cada nível de condicionamento do corpo e aptidão do concorrente;, afirma Raphael do Rego Araújo, graduado em educação pela Universidade Católica de Brasília (UCB) e personal trainer da academia Fiore Fitness. De acordo com ele, o edital não estipula uma duração da prova, e isso é algo bom. ;Você pode treinar no seu tempo, priorizando a qualidade da flexão abdominal. E deve, na preparação, se preocupar mais com a realização adequada do movimento e menos com o prazo de aplicação do exame;, diz o personal trainer.

Flexão de braços

No exame do Exército, homens farão 10 repetições, enquanto as mulheres executam seis, sem tempo limite. A flexão de braços é bem popular, usada em treinamentos e ocasiões recreativas. Para os iniciantes, a dica principal de Anderson Carvalho, pós-graduado em fisiologia do exercício, é quanto às flexões de braço. ;Faça primeiro a atividade de isometria (o candidato flexiona o braço e sustenta o peso por, no mínimo, 10 segundos). Depois que você sentir que está ficando mais acessível, deve passar, progressivamente, a níveis mais difíceis;, ensina.
Em seguida, é hora de iniciar as sessões de flexões. ;Dê um intervalo nessa parte de isometria e trabalhe com as repetições;, aconselha Anderson. ;Se o máximo que consegue é três sessões, ótimo! Depois, então, faça isometria, deixando a musculatura tensionada. Esse fato faz com que você concentre a força para trabalhá-la;, diz. Depois, ele indica que o interessado inicie a flexão com joelhos no chão e braços levemente mais abertos do que a largura tradicional dos ombros.

Corrida de resistência

A corrida de resistência será aplicada no segundo dia de prova física. Homens correrão 1.800 metros e mulheres 1.600. Segundo o professor Guilherme Lazo Solano, do Estratégia Concursos, uma das maiores dificuldades dos candidatos é esse teste, porque exige que os candidatos percorram a distância em, no máximo, 12 minutos. ;Para ter um bom desempenho, não basta sair correndo sem controle. Um dos métodos que mais promovem a melhora do rendimento na corrida é o treinamento polarizado, que trabalha ritmos baixos e altos, evitando os intermediários;, ensina o graduado em educação física Guilherme. ;Esse treinamento aprimora o rendimento (relação tempo x distância), a economia de corrida (capacidade de gastar pouca energia a uma determinada velocidade) e o volume máximo de oxigênio (variável muito importante no desempenho no corredor);, explica.

A frequência e antecipação das atividades físicas é a principal dica. ;A sugestão parece óbvia, mas muita gente não consegue manter a regularidade dos exercícios por vários motivos. Entre eles, a falta de tempo (muitos trabalham e estudam o dia inteiro), ausência de um ambiente para praticá-los e um plano de treinamento adequado.;

Dicas para o Exame de Aptidão Física (EAF)



; Os que fazem as atividades sozinhos devem filmá-las, de modo que possam compará-las com dias anteriores. Desse modo, é possível fazer uma autoanálise e medir a progressão de desempenho.
; Faça um planejamento ou cronograma adequado. Isso contribuirá bastante para melhorar a técnica e a execução de qualquer exercício.
; Treine meses antes da prova, coloque em prática tudo o que treinou e não use artifícios para tentar facilitá-la.
; Procure um profissional capacitado para evitar erros na execução dos exercícios, e leia com atenção o edital e treine especificamente.
; Faça simulados para melhorar o rendimento na prova.
; Treine de preferência em horários de sol baixo (início da manhã ou no fim da tarde). Evite treinar com o ;sol a pino; para se prevenir dos efeitos negativos do calor, pois além de não render no treino, você poderá passar mal.

Fontes: Anderson Carvalho, Guilherme Lazo Solano e Raphael do Rego Araujo

O que diz o edital

Estágio de Adaptação e Serviço (EAS) e ao Estágio de Instrução e Serviço (EIS)
Inscrições: encerradas em 13 de agosto. Acesse o edital: bit.ly/EASEIS
Salários: 1; tenente (R$ 8.245), 2; Tenente (R$ 7.490) e aspirante-a-oficial (R$ 6.993)
Vagas: cadastro reserva
Postos: 1; tenente, 2; Tenente e aspirante-a-oficial

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação