Articulações no MPDFT

Articulações no MPDFT

postado em 02/09/2018 00:00
 (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)

Um corre-corre silencioso tomou conta do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) nas últimas semanas. O motivo é a pré-campanha para suceder o procurador-geral de Justiça, Leonardo Bessa, há quatro anos no posto. Interessados na vaga estão percorrendo gabinetes em busca de apoio dos colegas. Haja fôlego, pois 427 integrantes do Ministério Público do DF podem votar.

Lista tríplice
Abertas as urnas, os três nomes mais votados serão colocados em uma lista tríplice enviada à procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Das mãos dela, o documento vai até o presidente da República, que faz a escolha. Ser o primeiro colocado na lista não é garantia de vitória, como bem sabe a própria Raquel. Escolhida por Michel Temer, ela era o segundo nome mais votado entre os colegas do Ministério Público Federal (MPF).

Impugnação
As movimentações e os primeiros embates ocorrem nos bastidores porque, como ainda não há candidaturas oficializadas, a campanha só começa pra valer depois de quarta-feira. Qualquer conversinha mais contundente corre o risco de ser considerada propaganda antecipada. Isso é suficiente até para impugnação.

Simpatia para poucos
O sisudo ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa também tem seus momentos relax. Acompanhado de amigos, o ministro aposentado saiu para tomar uma cerveja no London Pub, na Asa Norte, e tratou até sobre um tema que acha extremamente desagradável: a desistência da candidatura à Presidência da República. Na falta da encorpada cerveja London Pride, que costuma pedir normalmente, tomou sem reclamar uma pilsen especial. Aí... dá-lhe simpatia!


Look de campanha
Sem verba para cabeleireiro 24 horas e usando produtos naturais para compor o visual, Marina Silva (Rede) suavizou a imagem na campanha eleitoral. Mantém o cabelo preso por questões práticas e, como é alérgica a batom, passa beterraba ralada nos lábios para complementar a maquiagem. Bem orgânico... A responsável pelo figurino da candidata é a brasiliense Clarice Dewes, que, acostumada aos excessos das socialites, suspira com a simplicidade da ex-senadora.


Empresária.com
A estilista Luísa Farani fechou as portas da loja homônima na QI 11 do Lago Sul. Migrou de vez para o e-commerce, mais prático e fácil de cuidar. Entre as clientes famosas estão as cantoras Anitta (foto) e Karol Conka, a atriz Letícia Sabatella e a blogueira fashion Helena Lunardelli. Chique!

Se a moda pega...
Ouviu falar em casamento por adesão? Noivo e noiva explicam no convite que a festa será paga com a ajuda dos convidados. Casais menos delicados colocam literalmente um preço no ;ingresso;, enquanto outros apenas pedem a colaboração dos amigos. Normalmente, a cobrança ocorre na porta do evento. Virou show!

Inspiração fitness
O nutricionista Arthur Sampaio virou assunto no meio jurídico. Especializado em dietas inovadoras, tem cartela de clientes recheada de juízes. Quem pensa em prestar concurso para magistratura comenta nas redes sociais que ;importante não é estudar para a prova, mas, sim, marcar uma consulta com o Arthur. Dá sorte!”

Falta o carimbo
O Pontão do Lago Sul foi o lugar escolhido para a segunda unidade brasiliense do restaurante Paris 6. Só falta a burocracia governamental liberar as autorizações.


Número 5
Pode ser coincidência, mas parece que o senador Zezé Perrella (MDB-MG) tem especial afeição pelo número cinco. Além de ocupar o quinto gabinete da Ala Senador Antônio Carlos Magalhães, no Senado Federal, o parlamentar estava no lounge cinco da boate Shed, semana passada. O camarote do mineiro (foto acima) foi um dos mais movimentados, tanto pelas convidadas quanto pelos garçons, que não paravam de trazer bebida. Contei five combos! O camarote estava divertidíssimo, mas a festa também contou com outras personalidades da cidade...

De leve
...Zezé Perrella não foi o único político que foi conferir o show de Adriana Samartini e André Léllis. O candidato a deputado distrital Igor Tokarski (PSB) também compareceu. Mas, ao contrário do senador, o ex-administrador de Brasília teve postura discreta, sem exagero. Explica-se: Perrella desistiu da política, mas Tokarski está em plena campanha.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação