Visto, lido e ouvido

Visto, lido e ouvido

Desde 1960

Circe Cunha (interina) / circecunha.df@dabr.com.br
postado em 09/09/2018 00:00

As águas do cerrado


Ministério Público sedia o evento: ;O Brasil que cuida de suas águas ; Arco das Nascentes e Bioma Cerrado;


Talvez ainda não esteja devidamente compreendida e mensurada, pelos habitantes da capital e do Brasil, a enorme importância que o bioma cerrado tem para todo o país. Para se ter uma ideia, basta dizer que as três maiores reservas subterrâneas de água, correspondendo aos aquíferos Guarani, Bambuí e Urucuia, estão, na sua maior parte, situadas nessa imensa área de 2 milhões de quilômetros quadrados.

O cerrado abastece nada menos do que oito das 12 regiões hidrográficas do país. Suas águas subterrâneas respondem por 90% da vasão dos rios do bioma. O chamado berço das águas, que os cientistas aos poucos vão conhecendo em sua inteireza, é tão fundamental ao país que a simples suposição de que ele venha a ser degradado de forma irreversível equivaleria a decretar também o colapso ambiental de grande parte do Brasil e do continente sul-americano.

A expansão agropecuária, feita de forma descontrolada e visando unicamente ao lucro a qualquer preço desde a década de 1970, tem provocado estragos incalculáveis ao cerrado. Estudos e levantamentos recentes dão conta de que cerca de 50% do bioma original, incluindo não só espécies raras de plantas, mas um grande número de animais, simplesmente desapareceram para sempre.

A substituição irresponsável da vegetação nativa por pastos para o gado e para o plantio de grãos em enormes latifúndios tem provocado, ao lado do aquecimento global, uma sequência contínua de severas crises hídricas em toda a região, sobretudo na capital do país, que passou a sofrer intensamente com seguidos períodos de cortes e racionamentos no abastecimento de água.

Cientistas, há tempo, alertam: o berço das águas está secando e necessita urgentemente ser reflorestado e protegido antes que seja tarde demais. Na última semana, realizou-se em Brasília o seminário regional intitulado Integração para Proteger as Águas do País, com representantes dos estados do Centro-Oeste, instituições e sociedade civil para discutir um efetivo programa nacional de revitalização de bacias hidrográficas da região. A meta, dizem, é conservar, preservar e recuperar os rios brasileiros.

  • A frase que foi pronunciada
    ;O jornalismo é, antes de tudo e sobretudo, a prática diária da inteligência e o exercício cotidiano do caráter.;

    Cláudio Abramo


Discurso & Prática


; É bom para abrandar tantos escândalos noticiar o que faz Reguffe, representando Brasília no Senado. Economizou sozinho R$ 16,7 milhões aos cofres públicos. Isso só de economia direta, sem contar a indireta. Se fosse multiplicar a iniciativa por 81senadores, a economia seria R$ 1,3 bilhão. Discurso e prática vão além. Propostas de Emendas Constitucionais projetos, votos e os recursos que foram destinados para o DF. Foram compradas 7 mil unidades do Sorafenibe, medicamento para quimioterapia oral. Por emendas, o DF recebeu também 14 ambulâncias novas totalmente equipadas para o Samu.

Absurdos

; Está na hora de passar o DF a limpo. Parada de ônibus feita em cima de uma ciclovia no Jardim Mangueiral, paradas de ônibus sem recuo apresentando perigo constante enquanto força ultrapassagens perigosas, faixas de pedestres sem tinta.

Tecnologia

; Há falta de tecnologia na saúde para controlar o paciente desde sua entrada, presença dos médicos, uso dos medicamentos, verbas aplicadas, aparelhos comprados, instalados, usados, profissionais capacitados. Nas cadeias, a mesma coisa. Scanners na Papuda para evitar entrada de objetos proibidos e revista íntima, um terminal com a chegada do preso e a data de saída para a preparação necessária à liberdade.

Relembrando

; Joel Sampaio nos envia o seguinte e-mail: ;Tragédia anunciada desde 1960 por Ari Cunha, que advertiu que a explosão demográfica não se resolveria com violência contra os pobres e, em 1972, por Juscelino Kubitschek, que, ao chegar aqui, ficou horrorizado com a anarquia urbanística. E disse que o que viu não foi o que sonhou para Brasília.

Crise hídrica

; E os deputados distritais acham pouco, e ainda entregam à especulação imobiliária de grandes empreiteiras, zonas de proteção ambiental, com dezenas de nascentes, como é o caso do Mangueiral! Primeira medida necessária: proibir a Terracap de fazer loteamento e expansão urbana em Brasília e fazer loteamento no RIDE destinado à população pobre do Distrito Federal.


  • História de Brasília
    ; Pouca chuva, tempo frio, falta de vento e mormaço na beira do Lago. Dia de tilápia. (Publicado em 28/10/1961)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação