Grita geral

Grita geral

grita.df@dabr.com.br (cartas: SIG, Quadra 2, Lote 340 / CEP 70.610-901)

postado em 09/09/2018 00:00
GUARÁ
COMÉRCIO IRREGULAR

Dalva Brito, 61 anos, aposentada e moradora do Guará 1, procurou o Correio para reclamar de um comércio que tem prejudicado a região. ;Tem um lava-jato no Guará 1 funcionando em área residencial. Eles derrubaram a casa que estava ali e ocuparam calçada para lavar os carros. O dia inteiro ficam derramando água. Mesmo em tempos de racionamento já era assim. Nos fins de semana é pior: eles estacionam os carros nas calçadas e ruas. Quem quiser passar que dê a volta. O lava-jato já está funcionando há mais de um ano desse jeito. Eles têm licença para funcionar neste local?;, questiona a leitora.

; Por meio de nota, a Agefis informou que vai encaminhar um auditor ao local para verificar se o comércio tem alvará de funcionamento. Em caso negativo, serão tomadas as devidas providências.





SECRETARIA DE FAZENDA
NOTAS FISCAIS NÃO LOCALIZADAS

Patrícia Vieira, 37 anos, moradora da Asa Sul reclama do acúmulo de notas fiscais não localizadas na área restrita no site do Nota Legal e da morosidade da Secretaria de Fazenda na fiscalização dos estabelecimentos comerciais. ;Percebo que as notas fiscais não localizadas continuam na mesma situação ;Aguardando ação da empresa;. As notas mais antigas se referem ao mês agosto de 2017. Sempre peço o meu CPF na nota fiscal, porém, as lojas não fazem o lançamento no sistema do governo. Entro na área restrita e não vejo nota alguma lançada. Onde está a fiscalização dos estabelecimentos comerciais? Por que esse acúmulo de notas não localizadas? Quando elas terão sua situação alterada?;, questiona a leitora.

; A Secretaria de Fazenda respondeu, por nota, que uma falha técnica impede o acompanhamento dos consumidores à área destinada aos lançamentos das notas fiscais. A equipe de tecnologia da informação já está trabalhando para corrigir a inconsistência, segundo a pasta, que destaca ainda que a consumidora pode ficar tranquila, pois ninguém será prejudicado. ;Os créditos do Nota Legal estão sendo computados normalmente e estarão lançados no período de indicação para que o contribuinte faça o uso que preferir;, garantiu.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação