Estreia com 20 anos de atraso

Estreia com 20 anos de atraso

Ele foi barrado pelo Fla numa decisão contra o Vasco e debutou pelo rubro-negro no Mané: Alberto Valentim finalmente disputará o clássico

Marcos Paulo Lima
Marcos Paulo Lima
postado em 14/09/2018 00:00
 (foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com
)
(foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com )



Aos 43 anos, o técnico Alberto Valentim do Carmo Neto disputará o Clássico do Milhões pela primeira vez amanhã, às 19h, no Mané Garrincha, pela 25; rodada do Campeonato Brasileiro. Foi uma longa espera. Demorou 20 anos. O técnico do Vasco tinha 23 quando esteve muito perto de estrear com a camisa do agora arquirrival Flamengo no palco principal do confronto ; o Maracanã ; em uma final de Taça Guanabara.

Alberto era lateral-direito. Desembarcou na Gávea no início de 1998. Vice-campeão do Mundial de Clubes pelo Cruzeiro, em 1997, ao perder a final para o Borussia Dortmund, o mineiro de Oliveira chegou ao clube carioca por empréstimo. Superou concorrentes, como o improvisado Fábio Baiano, e conseguiu ser titular da posição por três partidas consecutivas nas vitórias sobre o Americano e o Friburguense, pelo Campeonato Carioca, e contra o Vitória, no Maracanã, pela Copa do Brasil.

O duelo seguinte seria contra o Vasco, na decisão da Taça Guanabara. Em vez de escalar Alberto, o técnico Joel Santana preferiu apostar no experiente Pimentel. Deixado de lado, Alberto viu o clássico terminar empatado por 0 x 0. O resultado brindou o time cruz-maltino com o primeiro título no ano do centenário. Mais à frente, o Gigante da Colina conquistaria a Copa Libertadores da América. Enquanto isso, Alberto retornava ao Atlético-PR.

Questionado pela reportagem sobre o motivo da barração naquele Clássico dos Milhões, Alberto Valentim se esquivou. Para evitar polêmica, disse que não gostaria de falar sobre o passado rubro-negro. No entanto, em entrevista à revista Placar de dezembro de 1999, o então jogador deixou claro o motivo da passagem relâmpago pelo Flamengo. ;Fui vítima da desorganização do clube e do futebol carioca. Assim fica difícil deslanchar;, desabafou.

O lateral defendeu o Flamengo em 11 jogos, 10 deles como titular ; oito partidas oficiais e dois amistosos. Fez um gol sobre o Americano. A estreia com a camisa do Flamengo foi no mesmo endereço do clássico de amanhã. No velho Mané Garrincha, participou do empate por 2 x 2 com o Fluminense, em 14 de fevereiro de 1998, pelo extinto Torneio Rio-São Paulo. Promotor do duelo, o agora empresário Roni marcou para o time tricolor.

De volta ao DF, Alberto Valentim comandou o penúltimo treino do Vasco ontem, no Bezerrão. O elenco retornará hoje ao Gama para a última atividade.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação