Com emoção, Brasil bate França

Com emoção, Brasil bate França

postado em 14/09/2018 00:00
 (foto: FIVB/Divulgação
)
(foto: FIVB/Divulgação )



A Seleção Brasileira obteve a segunda vitória no Mundial Masculino de Vôlei ao derrotar ontem a França por 3 sets a 2 (25/20, 25/20, 21/25, 23/25 e 15/12). A partida foi disputada em Ruse, na Bulgária ; o evento também é realizado na Itália.

Com o resultado, a Seleção Brasileira está em segundo lugar no Grupo B, com cinco pontos, pelo fato de que vitórias por 3 sets a 2 garantem apenas dois pontos ; na estreia, o time dirigido por Renan Dal Zotto bateu os egípcios por 3 x 0. A liderança é dos canadenses, com seis pontos. A França tem quatro e ocupa a terceira posição. Egito, China e Holanda ainda não pontuaram nesta chave.

Os dois primeiros sets foram anormais, com a Seleção Brasileira fechando em duplo 25/20 com certa facilidade. Na terceira parcial, o técnico Tillie Laurent fez três modificações na equipe francesa, que logo abriu 4/1 no placar, graças a um saque poderoso. O Brasil conseguiu igualar a disputa, mas não diminuiu a vantagem do adversário. Os franceses fecharam com 25/21.

Disputado
O quarto set foi bastante disputado. A França chegou a estar em vantagem de 7/3, mas o Brasil igualou em 9/9, com direito a bonito bloqueio sobre Ngapeth. Em novo bloqueio, com Lipe, a Seleção passou a liderar o placar em 12/11. Os franceses retomaram à frente em 18/17 e fecharam em 25/23.

As maiores emoções estavam reservadas para o set final. Liderados por Ngapeth, os franceses estiveram à frente do placar com 8/6, mas Wallace, Lipe e Maurício foram decisivos para o triunfo brasileiro. O Brasil virou o placar, após estar perdendo por 12 a 11, e conseguiu a suada vitória.

Wallace terminou o duelo como principal destaque brasileiro, com 20 pontos, enquanto o maior pontuador do jogo foi Ngapeth, com 22 acertos. O Brasil contabilizou 18 pontos de bloqueio, a melhor marca do time nacional neste fundamento desde quando Renan assumiu o comando da equipe como substituto de Bernardinho. A Seleção volta a jogar pelo Mundial amanhã, às 14h30, contra a Holanda.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação