Cultura e identidade

Cultura e identidade

postado em 14/09/2018 00:00
 (foto: Objeto Sim Assessoria/Divulgação)
(foto: Objeto Sim Assessoria/Divulgação)
Vai até o próximo domingo a 9; edição do festival Slow Filme, em Pirenópolis. O evento tem como carro-chefe a exibição de longas-metragens, mas aposta também na identidade cultural para compor a programação, que ; além dos filmes ; terá oficina, degustações de vinhos e uma homenagem à Itália. Além das atividades, o evento tem como marca o intimismo de voltar-se para uma produção mais comunitária, longe do contexto industrial dos festivais mais urbanos.

;O nosso festival já está na 9; edição, e apresenta filmes que trabalham a gastronomia, mas não só isso, especialmente, temos o objetivo de apresentar filmes que representem comunidades, que tem uma identidade forte, o nosso festival tenta contrapor a cultura hegemônica das corporações, da grande indústria;, explica o curador Sérgio Moriconi.

;Nesta edição temos duas novidades, a homenagem à Itália, com as projeções de dois filmes do país, e ainda queremos abordar a relação da mulher e a comida, buscar levantar a discussão de que o lugar da mulher é em todo lugar, especialmente refletindo sobre a falta de presença das mulheres nas cozinhas profissionais e perguntar ;por que as mulheres não são protagonistas das cozinhas profissionais?;;, sustenta. (R.N)

SERVIÇO
9; Slow Filme
Cine Pireneus (Rua Direita, Pirenópolis, Goiás). Hoje, as exibições começam a partir das 16h, amanhã e domingo, a partir das 15h. Entrada franca. Classificação indicativa de entrada livre. As classificações indicativas para os filmes variam, você pode conferir mais informações no site objetosim.com.br/slow-filme. A degustação de vinhos não é recomendada para menores de 18 anos.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação