Caia na balada

Caia na balada

postado em 21/09/2018 00:00
 (foto: Thaís Mallon/Divulgação)
(foto: Thaís Mallon/Divulgação)


Música autoral unida


a banda brasiliense Joe Silhueta (foto) promove hoje, a partir das 22h, no Canteiro Central do Setor Comercial Sul, o evento Primavera Grogue. A festa marca o lançamento do primeiro disco completo do grupo, o álbum Trilhas do sol, que será a base do repertório do show.

;Vamos tocar as músicas do disco novo, com uma seleção de canções que já foram lançadas. Estamos sempre tentando fazer uma apresentação com uma narrativa, que intregre uma performance;, explica Guilherme Cobelo, vocalista da Joe Silhueta.

O repertório do show marca uma nova fase do grupo. ;Acho que esse disco é um reflexo de uma trajetória de renovação, de resgate, de força mesmo. Depois da morte do Pedro (Souto, guitarrista e baixista), a gente ressignificou muita coisa através da música. É um disco solar, que traz essa energia do atravessar de uma noite escura até chegar ao amanhecer;, defende Gaivota Naves, outra integrante da banda candanga.

O festival conta, ainda, com a presença de Satanique Samba Trio e da gaúcha Musa Híbrida, que aproveita a oportunidade para lançar o disco Piscinas vazias iluminadas em pé, produzido pelo Natura Musical, e fazer sua estreia nos palcos de Brasília.

;A gente fez algo meio radical. Depois de seis anos, ensaiamos um show do disco novo inteiro. Não tem quase nenhuma música dos discos anteriores;, revela Alércio, um dos integrantes da Musa Híbrida.

Os ingressos custam R$ 15 (1; lote), R$ 25 (2; lote), R$ 30 (com CD Joe Silhueta). Valores de ingresso antecipado e à venda em www.sympla.com.br. Na hora, R$ 25 (até a 0h) e R$ 30 (após). Valores de meia. Não recomendado para menores de 18 anos. (Adriana Izel)


Mistura boa
O projeto criado pelo rapper brasiliene Hungria Hip Hop, o evento A Reunião estreia amanhã, a partir das 20h, na Arena Lounge do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha (Eixo Monumental). Com o objetivo de reunir a diversidade musical brasileira, a festa contará com show do próprio Hungria, além de Diego & Bictor Hugo, 1 Kilo e DJs Matheus MPC e Hartmann. O grupo Pacificadores e o cantor Misael estão entre participações especiais do evento. Ingressos a R$ 65 (área A Reunião) e R$ 125 (área VIP). Valores de meia-entrada e sujeitos a alteração. Não recomendado para menores de 18 anos.


Celebração ao cinema
Em sua 12; edição, a festa Contraplano desembarca hoje, a partir das 22h, no Setor de Diversões Sul (Conic). Unindo música, arte e cinema, a balada é uma extensão do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, transformando o festejo cinematográfico em uma grande festa. Serão três pistas de dança (Rock Brasília ; Geração Baré Cola, Soul Brasília e Brasília My House) com revezamento de 16 atrações, entre elas, os DJs Ahmed, Telma & Selma e Xamã. Entrada a R$ 50 (meia e antecipado). À venda em www.sympla.com.br. Não recomendado para menores de 18 anos.



Novo formato

Com 16 anos de história na capital, a Makossa ganhou uma edição em formato especial, que teve início na semana passada com programação gratuita e formativa no Setor Comercial Sul e continua amanhã, a partir das 16h, no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha (Eixo Monumental). A programação de amanhã se assemelha mais à festa, com duas pistas de dança comandadas por uma atração internacional, o DJ Jazzy Jeff (foto), quatro artistas nacionais (Miria Alves, Cinara, Sophia e Bruno X), e DJs locais. Além disso, o evento conta com os vencedores dos circuitos de dança e de rimas, realizados no sábado passado. ;Como é um formato de festival, o evento tem mais horas de duração e uma programação musical mais extensa. Também teremos a participação dos grupos de dança e uma estrutura e um espaço maior, com feira de moda voltada para a economia criativa do DF com foco na cultura urbana e afro, além de foodtrucks;, afirma Chicco Aquino, idealizador e um dos DJs confirmados no evento. Ingressos a R$ 20 (meia e antecipado). À venda em bit.ly/MakossaFestivalBlack. Não recomendado para menores de 16 anos. (AI)



Nova geração da música
Dois nomes de destaque da música atual, as bandas Melim (foto) e Um4kk participak do Festival Nossa Música, amanhã, a partir das 18h, no Espaço Cultural Brasília (no Shopping Iguatemi). Apresentado para o Brasil no reality SuperStar, o grupo Melim é formado pelos irmãos Gabi, Rodrigo e Diogo e tem aparecido nos topos das paradas com as faixas Meu abrigo e Um sinal. Os irmãos prometem um repertório autoral, com músicas do primeiro disco, e ainda releituras. ;A gente já tocou em Brasília uma vez, mas faz bastante tempo; Vai ser incrível encontrar todo mundo, muitos abraços e beijos, música boa e vibe positiva;, afirma Gabi. Completa a programação a banda brasiliense Sinco. Entrada a R$ 70 (meia). Classificação indicativa livre. Menores de 12 anos acompanhados dos responsáveis. (AI)


Duas perguntas / Melim

Com apenas dois anos de carreira, vocês estão entre os nomes
de destaque do
momento atual da música brasileira. Como avaliam isso?
Diogo: É muito gratificante todo o carinho que a gente recebe por todos os cantinhos do Brasil. A gente escreve as canções com o coração e é incrível receber esse feedback surreal de tanta gente, elogiando o nosso trabalho. Faz parte do nosso propósito inspirar e mudar pra melhor a vida das pessoas.

Vocês lançaram o primeiro disco depois do lançamento
de
singles e EPs. Como foi a concepção desse material?
Rodrigo: Foi uma experiência muito incrível botar pra fora todo o sentimento que a gente tinha aqui guardado, em um só disco. Desafiador e, ao mesmo tempo, empolgante.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação