Precisamos falar sobre...

Precisamos falar sobre...

Ronayre Nunes*
postado em 21/09/2018 00:00
 (foto: Lisandra Linck/DivulgaÇÃo)
(foto: Lisandra Linck/DivulgaÇÃo)
O vendedor de sonhos é um verdadeiro camaleão das artes. A obra ganhou fama como livro, se transformou em uma adaptação para os cinemas em 2016, e agora, em 2018, roda o Brasil em uma readaptação para o teatro. A montagem chega amanhã aos palcos brasilienses.

Na história, o público poderá acompanhar a saga de Júlio César, homem economicamente estável que tenta o suicídio. Entretanto, um mendigo, o Mestre, acaba impedindo o ato. Juntos, dois e o boa-praça Bartolomeu acabam entrando na verdadeira saga de tentar curar uma sociedade doente.

;A história fala sobre dar valor a coisas importantes e sobre como o homem de hoje sai desse caminho, buscando coisas que às vezes o desvia das coisas mais simples. Ninguém tem uma vida cor-de-rosa como nas redes sociais, o tema do suicídio é uma coisa muito velada, mas acho que todo mundo conhece uma história de alguém próximo que tentou o suicídio;, afirma o ator Matheus Carrieri ao Correio.

;Os números são impressionantes e este mês é especial para o assunto. O CVV (Centro de Valorização da Vida) diz que em 90% dos casos, as pessoas poderiam ser persuadidas a não fazer isso;, explica.

;As emoções dos personagens, as reações deles sobre aquelas circunstâncias tão complicadas estão preservadas na peça;, defendeu Carrieri, tranqulizando os fãs do livro.

*Estagiário sobre supervisão de Vinicius Nader

SERVIÇO
O vendedor de sonhos
Teatro da Unip (913 Sul; 4101-1121). Amanhã, às 21h, e domingo, às 20h. Ingressos a R$ 140 (inteira) e R$ 70 (meia-entrada). Não recomendado para menores de 14 anos

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação