Visitante para incomodar

Visitante para incomodar

Após derrota na primeira rodada, Universo/Brasília tenta se recuperar no NBB contra o Flamengo, hoje, no Nilson Nelson

João Romariz*
postado em 15/10/2018 00:00
 (foto: Flamengo/Divulgação)
(foto: Flamengo/Divulgação)

Após a dramática derrota para o Vasco, por apenas um ponto de desvantagem, sábado, em jogo válido pela primeira rodada da temporada 2018/2019 do NBB, o Universo/Brasília volta à quadra hoje para enfrentar o Flamengo, às 20h, no Ginásio Nilson Nelson. O duelo reúne os dois maiores vencedores da liga nacional: o rubro-negro é pentacampeão, enquanto a equipe da capital do país detém três títulos. No duelo, a torcida candanga reencontrará um velho conhecido. Deryk Ramos, ex-jogador do escrete brasiliense, agora veste a camisa 9 do clube do Rio. ;Tenho um carinho imenso pela cidade, mas agora eu sou Flamengo e vou com tudo em busca da vitória;;, comentou o ala/armador.

Deryk tem uma relação especial com Brasília, tanto profissional quanto pessoal. Conheceu a namorada na época em que ainda atuava na capital. ;Brasília ficou na minha história pelo lado profissional em dois anos muito importantes. Cidade onde tive mais tempo de jogo e mais rodagem em quadra. Foi onde também conheci minha namorada. Sempre que posso vou a Brasília, vivemos nessa ponte aérea. Só tenho lembranças boas, tanto pessoal como profissional;, contou o jogador rubro-negro.

Os clubes que fizeram o clássico nacional de maior rivalidade por algumas temporadas vivem momentos distintos em 2018. O Brasília foi montado em cima da hora. A confirmação de que a franquia voltaria para a cidade foi dada há três meses. Após a formação do elenco e da comissão técnica, foram 40 dias para fazer a preparação para a temporada. Do lado carioca, o atual campeão estadual conta com estrelas renomadas. Anderson Varejão, Marquinhos e Olivinha, por exemplo, representaram a Seleção Brasileira em campeonatos internacionais.

Deryk comentou a principal diferença na preparação dos clubes e o quanto isso pode influenciar nos resultados da temporada. ;Realmente acaba faltando entrosamento. Esse curto tempo atrasa a adaptação com os companheiros, demora para pegar a química em quadra. A gente jogou o estadual e montamos um time versátil e muito forte, estamos seguindo uma linha de jogo. Tenho certeza de que vamos brigar pelo título e o objetivo é um só: ser campeão;, comparou Deryk.

Pela primeira vez, o jogador enfrentará o clube que o projetou para o cenário nacional do basquete. ;A expectativa é grande e de um jogo muito duro. Em começo de campeonato, ninguém está 100% entrosado. Mas nosso foco é jogar como a gente vem treinando. Com certeza, vai ser um confronto digno de clássico nacional;, comenta.

Na estreia na competição, no sábado passado, atuando fora de casa, o Flamengo derrotou o Cearense por 73 x 54. Em 19 minutos em quadra, Deryk marcou dois pontos, distribuiu quatro assistências, pegou dois rebotes, recuperou uma bola, apresentou um erro, cometeu uma falta e sofreu outra. Na carreira, o jogador apresenta médias de 8,5 pontos por jogos, além de 1,6 rebote e 2,1 assistências.

*Estagiário sob a supervisão do subeditor Fernando Brito

;Brasília ficou na minha história em dois anos muito importantes. Tenho um carinho imenso pela cidade, mas agora eu sou Flamengo e vou com tudo em busca da vitória;
Deryk Ramos, ala/armador

Programe-se
NBB ; 2; rodada
Universo/Brasília x Flamengo
Quando: hoje
Local: Ginásio Nilson Nelson
Horário: 20h

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação