Com essa, o Vasco não contava

Com essa, o Vasco não contava

Vice-lanterna, Sport triunfa, impede o concorrente de se distanciar do Z-4, renova o fôlego e complica a equipe cruz-maltina

postado em 21/10/2018 00:00
 (foto: Williams Aguiar/AFP)
(foto: Williams Aguiar/AFP)

O Sport mostrou sinais de recuperação, ontem, ao vencer o Vasco por 2 x 1, na Ilha do Retiro, no Recife, em duelo válido pela 30; rodada do Campeonato Brasileiro. Forte em seus domínios, o time pernambucano ganha fôlego na briga contra a queda e impede que os cariocas se distanciem da zona de rebaixamento.

Mateus Gonçalves e Claudio Winck anotaram os gols da vitória do Sport, que ainda balançou as redes outra vez com Andrigo, mas o árbitro invalidou o gol, assinalando o impedimento, após intervenção do assistente. A vitória poderia ter sido mais tranquila. Gabriel desperdiçou pênalti nos acréscimos. Fabrício havia empatado o placar para o time carioca.
;Infelizmente, bati (o pênalti) a meia altura, queria bater um pouco mais alto, não subiu como eu queria. Mas valeu a boa atuação, a equipe foi bem, isso é o mais importante. Mas vencer não vale de nada se não chegarmos fora de casa e não conseguirmos o resultado;, lamentou Gabriel.

O time pernambucano ganha fôlego na briga contra o descenso e, apesar de continuar na 19; posição, fica mais perto de sair da zona de rebaixamento, agora com 30 pontos, a dois do Vitória, primeiro fora do Z-4.

Inconstante, o Vasco mantém o péssimo retrospecto fora de casa. O time cruz-maltino ainda não venceu longe do Rio de Janeiro, acumulando agora oito derrotas e sete empates, o que o faz seguir flertando com o perigo de ser rebaixado pela quarta vez na história. No momento, a equipe carioca tem 34 pontos e é a 14; colocada ma classificação.

Depois do jogo, o meia Giovanni Augusto reclamou da não marcação de um pênalti a favor do Vasco. ;Pênalti claro. O jogador do Sport estava de frente para o gol e não me viu. Acabou me acertando, tanto que a bola não foi para frente, e sim para o lado. Pênalti claro. Tem um cara perto do lance que não vê, fica difícil;, desabafou.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação