Renovação com aposta na jovialidade

Renovação com aposta na jovialidade

postado em 29/10/2018 00:00
 (foto: Flávio Neves/Folhapress
)
(foto: Flávio Neves/Folhapress )


Aos 33 anos, o ex-prefeito de Pelotas Eduardo Leite (PSDB) tornou-se o mais jovem governador do país, ao desbancar José Ivo Sartori (MDB). O tucano foi eleito com 3.128.317 votos válidos (53,63%), contra 2.705.601 (46,38%) para o atual governador. Durante a campanha, o vencedor optou por enfatizar a necessidade de uma renovação política. Avesso às práticas de reeleição e do carreirismo político, Leite colou a própria imagem ao desgaste político de Sartori, que enfrentou problemas com as contas públicas e o atraso de salário do funcionalismo público nos últimos anos. O vice-governador será o delegado Ranolfo Rodrigues Junior (PTB).

No discurso da vitória, Leite agradeceu a confiança do eleitor gaúcho. ;Quero agradecer essa população generosa que me confiou ser prefeito e que me deu 90% dos votos. É significativo, expressivo e uma responsabilidade honrar toda essa confiança;, afirmou. Ele revelou que Sartori lhe telefonou para parabenizar pela conquista. ;Eu agradeci a gentileza da ligação dele. Eu reconheço o governador como uma pessoa idônea, a quem eu sempre respeitei. Saliento, nunca fiz ataque pessoal, embora não tenha merecido o tratamento do outro lado, que me atacou pessoalmente. Se não na pessoa do governador, mas por parte daqueles que estavam vinculados a ele;, pontuou.

Ao longo da corrida eleitoral, Eduardo Leite afirmou o apoio a Bolsonaro, ainda que com ressalvas. O aval ao capitão reformado acabou por afastar eleitores da esquerda. A campanha para o governo local foi marcada por forte troca de acusações entre os dois candidatos, na tentativa de cada um associar a imagem do adversário ao Partido dos Trabalhadores (PT). Outro aspecto importante é a situação fiscal do Rio Grande do Sul. No estado, a despesa com o funcionalismo público estadual alcançou 47,2% da receita corrente líquida no segundo quadrimestre deste ano.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação