Líder da máfia é capturado

Líder da máfia é capturado

postado em 05/12/2018 00:00
 (foto: Alessandro Fucarini/AFP
)
(foto: Alessandro Fucarini/AFP )

A polícia italiana anunciou ontem a prisão de Settimino Mineo, o novo chefe da Cosa Nostra, em umaampla operação para impedir a reorganização da temida máfia siciliana após a morte de Toto Riina. A captura de Mineo, um joalheiro de 80 anos, e de outras 45 pessoas, aconteceu durante sua nomeação formal. Os detidos são acusados de associação de criminosos de tipo mafioso, extorsão, posse de armas e por incêndios, entre outras suspeitas.

A operação Cupola 2.0 foi resultado de quatro investigações penais distintas, que têm como alvo importantes clãs e famílias da região de Palermo. Tonton Settimo, como é chamado, foi designado em maio o chefe da cúpula de Palermo, tornando-se o principal líder das famílias mafiosas da província, em substituição a Riina, comandante histórico de toda a máfia italiana, que faleceu ano passado na prisão.

;É um dos golpes mais duros infligidos pelo Estado à máfia;, afirmou Luigi Di Maio, vice-primeiro-ministro e líder do Movimento 5 Estrelas. Segundo a imprensa italiana, a polícia obteve informações importantes grampeando o telefone de um dos principais mafiosos detidos, Francesco Colletti.

Em uma conversa interceptada, o líder mafioso contou ao seu motorista os detalhes de uma reunião da cúpula, realizada em 29 de maio, que descreveu como um encontro ;muito sério, com muita gente, gente grande;. Foi a primeira reunião desse tipo desde 1993, quando Riina foi preso, e teve como objetivo eleger os novos líderes para a distribuição de atividades ilícitas.

;No final da reunião, todos nos levantamos e nos beijamos;, contou Colletti. Segundo ele, 30 ;homens de honra; e padrinhos compareceram ao encontro.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação