Tubo de ensaio

Tubo de ensaio

Fatos científicos da semana

postado em 05/01/2019 00:00
 (foto: Nasa/Reprodução)
(foto: Nasa/Reprodução)
; Segunda-feira, 31
Descoberta incidental


Uma israelense que passeava perto de antigas ruínas descobriu, por acaso, parte de uma estátua, o que permitiu que fossem desenterrados dois bustos da época romana, anunciou a Autoridade Israelense de Antiguidades (AIA). São esculturas de tamanho humano, talhadas em calcário e descobertas na cidade de Beit Shean, no norte do país, no início do mês, segundo comunicado da AIA, que as datou do fim do período romano, há 1,7 mil anos. Os bustos, bem conservados, representam dois homens. Um deles tem barba e foi esculpido em um estilo oriental, da moda até o fim do período romano. Segundo a AIA, as esculturas acabaram ficando visíveis devido às recentes fortes chuvas. Elas se encontravam ao norte do Parque Nacional de Beit Shean, em meio às ruínas de uma vila romana e bizantina.




; Terça-feira, 1;
;Boneco de neve; nos céus


A 6,5 bilhões de quilômetros do Sol flutua um corpo celeste formado por duas esferas que se aproximaram lentamente e se mantiveram unidas desde o início do Sistema Solar, anunciou a Agência Espacial Norte-Americana (Nasa). A nave espacial New Horizons sobrevoou o Ultima Thule, descoberto por dois telescópios em 2014 e que se tornou o corpo celeste mais antigo e distante já observado por uma sonda. Fotografias registradas mostram que ele se parece com um boneco de neve. De acordo com a Nasa, o Ultima Thule tem 31km de comprimento e gira sobre si mesmo em aproximadamente 15 horas. A esfera maior foi nomeada Ultima e a outra, aproximadamente três vezes menor, Thule. Os pesquisadores revelaram outra descoberta: ;Podemos dizer, com certeza, que ele é vermelho;, disse Carly Howett, uma das cientistas da missão, com fotos coloridas de apoio. Assim como ocorre com a lua Caronte de Plutão, isso pode ser causado pela irradiação de gelo, explicou.




; Quarta-feira, 2
Nicotina para parar de fumar

Permitir que os fumantes determinem a ingestão de nicotina enquanto tentam parar de fumar provavelmente os ajudará a largar o vício, de acordo com um estudo preliminar feito em 50 pessoas liderado pela Queen Mary University of London. Os resultados sugerem que a maioria dos fumantes que usa medicamentos para parar de fumar pode tolerar facilmente doses quatro vezes maiores do que as normalmente recomendadas. ;Os níveis de nicotina prescritos nos tratamentos podem ser muito baixos para algumas pessoas, aumentando a probabilidade de elas voltarem a fumar. Isso poderia explicar por que temos tido sucesso limitado em tratamentos, como adesivos e chicletes;, diz o estudo. Quando o tratamento de reposição de nicotina foi avaliado pela primeira vez, na década de 1970, doses baixas foram usadas devido a preocupações com toxicidade e dependência. Surgiram, então, evidências de que a nicotina, por si só, fora dos produtos do tabaco, tem potencial de dependência limitado e que doses mais altas são seguras e bem toleradas.




; Quinta-feira, 3
Menos carne, mais vidas


Estudo realizado para Davos pela Oxford Martin School, departamento da célebre universidade britânica, demonstra que 2,4% das mortes provocadas por alimentação no mundo poderiam ser evitadas caso houvesse uma redução no consumo de carne, sobretudo de origem bovina. Nos países ricos, nos quais o consumo de carne de gado é mais elevado, o percentual de vidas que se salvaria seria de 5%, além da redução significativa nas emissões de dióxido de carbono, destacou o Fórum Econômico Mundial (WEF, na sigla em inglês). Segundo o estudo, a procura por carne continuará aumentando durante as próximas décadas, já que a população mundial pode chegar a 10 bilhões de pessoas antes de 2050. ;Se tornará impossível satisfazer essa demanda;, alerta o diretor executivo do WEF, Dominic Waughray, em um comunicado.



Templo ao deus esfolador

Um grupo de arqueólogos do México descobriu um templo dedicado a Xipe Tótec, um importante deus pré-hispânico associado aos rituais de esfolamento humano, informou o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH). O recinto de 12m de comprimento por 3,5m de altura é composto por dois altares de sacrifício, três esculturas em pedra vulcânica e diversos elementos arquitetônicos localizados em uma base piramidal da Zona Arqueológica de Ndachjian-Tehuacán, no estado de Puebla. As esculturas do templo ; que teria sido usado entre os anos 1000 e 1260 d.C. ; representam dois crânios esfolados de aproximadamente 70cm de altura e 200kg e um torso coberto com pele de sacrifício que personificam Xipe Tótec (foto), associado à fertilidade, à regeneração dos ciclos agrícolas e à guerra. Uma das festas mais importantes do México antigo era o Tlacaxipehualiztli, que, em náhuatl, significa ;pôr a pele do esfolado;. Era realizada geralmente em dois altares circulares, um para sacrificar os prisioneiros por meio de combates gladiatórios ou flechadas e outro para o esfolamento de glorificação a Xipe Tótec. Nesse processo, os sacerdotes se vestiam com a pele do indivíduo, que depois era depositada em pequenos buracos.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação