Homem espanca a ex na casa dela

Homem espanca a ex na casa dela

Caroline Cintra Sarah Peres Especiais para o Correio
postado em 30/01/2019 00:00
Uma mulher de 29 anos foi brutalmente agredida pelo ex-marido, após vê-la com outro homem, em casa, na QNM 19, em Ceilândia Sul, na manhã de ontem. Após deixar a vítima caída e ensaguentada no chão, ele foi atrás do suposto namorado dela. Passou em um açougue, pegou uma faca e seguiu em busca do rapaz, mas foi preso antes de encontrá-lo.

Policiais do 8; Batalhão da Polícia Militar (Ceilândia), que faziam ronda na região, foram acionados para atender o caso na QNM 19. Ao passarem pela QNM 17, viram um aglomerado de pessoas olhando para um homem com uma faca na mão. Assim que se aproximaram, se certificaram de que era o responsável pelas agressões na outra quadra e o detiveram.

O homem, que não teve o nome nem a idade revelados, contou aos militares que perdeu a cabeça ao chegar à casa da ex-mulher e encontrar outro homem lá. Ele disse ter dado um soco no desconhecido e, depois, ;vários murros; na mulher. ;Ele (o desconhecido) começou a fugir e eu fui atrás dele. No portão, ela tentou me segurar e eu dei outro murro nela. Eu corri, entrei em um açougue e peguei uma faca. Eu ia matar ele (sic);, confessou aos policiais.

;Como não consegui alcançar ele (sic), eu estava voltando para casa para matar ela. Mas o policial chegou. Aí eu disse: ;Atira logo!’, porque eu ia matar ela (sic). Se eu estou dizendo, é porque eu ia fazer isso. Eu ia cortar o pescoço dela;, completou o homem.

De acordo com o subtenente Ronaldo Bernardes, no momento da abordagem, o rapaz estava transtornado e sob efeito de entorpecentes. ;Tivemos dificuldade em pegar a faca dele, mas interpelei até que ele entregou. No sapato dele tinha uma pequena porção de um pó branco, com cor e cheiro de cocaína;, contou o militar.

Fraturas
A vítima foi atendida e transportada pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Regional de Ceilândia (HRC), com fraturas no nariz e no braço esquerdo, além de um edema no olho esquerdo. O autor das agressões sofreu algumas escoriações e também foi levado à unidade de saúde da cidade. Logo depois, foi encaminhado à 15; Delegacia de Polícia (Ceilândia Centro).

Vítima e agressor foram casados por aproximadamente 12 anos. Deram início ao processo de separação há seis meses, quando deixaram de morar na mesma residência. O agressor será enquadrado na Lei Maria da Penha, responderá, também, por lesão corporal grave, ameaça, injúria e ameaça contra o homem que estava com a mulher na hora da confusão. Em 2007 e 2013, ele foi preso por uso de entorpecentes e, em 2012, por tráfico de drogas.



"Tivemos dificuldade em pegar a faca dele, mas interpelei até que ele entregou. No sapato dele tinha uma pequena porção de um pó branco, com cor e cheiro de cocaína;
Ronaldo Bernardes, subtenente da PM





Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação