A morte na BR-020

A morte na BR-020

Vítima de 41 anos não resistiu e morreu durante cirurgia no Hospital Regional de Sobradinho. Segundo o motorista do ônibus, um carro o fechou antes de tombar na pista. Vinte e uma pessoas ficaram feridas

ALAN RIOS Especial para o Correio
postado em 18/02/2019 00:00
 (foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press
)
(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press )

Na volta para casa, 22 pessoas que estavam em um ônibus sofreram um acidente que acabou com uma morte e uma vítima grave na BR-020. O veículo levava garis da empresa Sustentare, que trabalham para o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), do Plano Piloto a Planaltina, mas tombou na pista molhada às 12h50 de ontem. Dois passageiros ficaram em estado crítico e foram encaminhados ao Hospital Regional de Planaltina (HRP) pelo helicóptero do Corpo de Bombeiros. Um deles era Crisangela da Cruz Silva, 41, que morreu em cirurgia no Hospital Regional de Sobradinho. De acordo com a Secretaria de Saúde, oito pessoas tiveram ferimentos de menor gravidade, como lesões, e 12, arranhões, mas recusaram transporte ao hospital.

A ocorrência da 16; Delegacia de Polícia (Planaltina) registrou que o condutor do ônibus teria sido fechado. ;A Polícia Rodoviária Federal (PRF) preservou o local, e nós realizamos uma perícia para analisar o caso. Mas, segundo foi relatado, o motorista teria sido fechado e acabou tombando após não conseguir desviar de um segundo veículo;, afirmou o delegado plantonista Mozelí da Silva.

O tombamento ocorreu no Km 18, próximo ao acesso do Morro da Capelinha, em Planaltina. Equipes da PRF e do Samu também atenderam a ocorrência. Até as 14h, todas as vias da pista estavam interditadas, mas foram liberadas por volta das 14h30. Houve engarrafamento no local.

Entre as principais queixas das vítimas estavam dores nas costas e tonturas, segundo o Corpo de Bombeiros. O motorista, de 51 anos, sofreu cortes na cabeça e na axila. Representantes da Sustentare também acompanharam os procedimentos médicos no Paranoá e conversaram com os funcionários. A empresa divulgou nota comentando o acidente às 18h20, confirmando a morte de Crisangela. ;Infelizmente, uma colaboradora não resistiu aos ferimentos e faleceu no hospital. Outras duas pessoas continuam hospitalizadas e passam por exames. A empresa lamenta profundamente o ocorrido e está prestando toda a assistência aos funcionários envolvidos no acidente;, informou. A Polícia Civil analisará detalhes do ônibus, como a qualidade dos pneus e a manutenção.

Apreensão

No local do acidente, Bete Dias Pereira, 55, misturava apreensão e alívio. A gari também faz parte do quadro de funcionários da Sustentare, mas não estava escalada para trabalhar no domingo. Mesmo escapando, ela não conseguiu manter a tranquilidade pelos companheiros de trabalho. ;Uma colega minha me ligou contando que o ônibus tinha tombado, e eu fui correndo para lá (local do acidente), mas não consegui encontrar ninguém e fiquei desesperada, porque a gente não tem notícia de onde elas foram, como estão. Fiquei tentando ligar para as minhas amigas que estavam no ônibus, mas não consegui;, disse.

"Segundo foi relatado, o motorista teria sido fechado e acabou tombando após não conseguir desviar de um segundo veículo;
Mozelí da Silva, delegado da 16; DP (Planaltina)

Memória

2017

13 de dezembro
  • Um ônibus que transportava 18 pessoas tombou no entroncamento da BR-020 com a DF-230. O veículo, da Real Sul, seguia para Formosa (GO). O Corpo de Bombeiros e o Samu prestaram socorro às vítimas, que foram encaminhadas aos hospitais regionais de Sobradinho e Planaltina. Onze ficaram feridas, entre elas três crianças e uma grávida de seis meses.

2018

15 de fevereiro
  • Nove pessoas morreram e 30 ficaram feridas após acidente entre um ônibus interestadual, uma carreta carregada de adubo e outro caminhão. A colisão aconteceu por volta das 6h30 na BR-020, entre os povoados de JK e Bezerra, próximo ao município de Formosa, a 45km do Distrito Federal. Seis pessoas morreram na hora e outras três em unidades de saúde do DF.

29 de outubro
  • Uma tempestade provocou acidentes no Distrito Federal. Na QI 17 do Lago Sul, um ônibus da Viação Pioneira tombou no canteiro central. No total, 30 pessoas estavam dentro do veículo. Quatro precisaram ser transportadas ao hospital com ferimentos pelo corpo. A pista molhada fez com que o coletivo deslizasse e tombasse na via.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação