Brumadinho: mortos sobem para 169

Brumadinho: mortos sobem para 169

postado em 18/02/2019 00:00
 (foto: Tulio Santos/Estado de Minas
)
(foto: Tulio Santos/Estado de Minas )



O Corpo de Bombeiros atualizou na noite de ontem para 169 o número de mortos em decorrência do rompimento da barragem da mineradora Vale em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Mais cedo, a corporação havia informado que tinha localizado dois corpos. Um estava na região da usina ITM e outro na área chama de Remanso II. Outros três fragmentos de corpos também tinham sido localizados.

Ontem foi o 24; dia de buscas por vítimas em Brumadinho. Participam dos trabalhos 215 bombeiros militares, cinco helicópteros e 47 máquinas. Uma delas é uma tesoura hidráulica para desmontar estruturas metálicas.

Evacuação

O Centro de São Sebastião das Águas Claras, mais conhecido como Macacos, distrito de Nova Lima, a 25 km de BH, virou cenário de confusão e desespero. Na manhã de ontem, a mineradora inciou um processo de evacuação previsto no Plano de Ação de Emergência de Barragens de Mineração da Barragem B3/B4, da Mina Mar Azul. Sirenes tocaram pela manhã, segundo as autoridades. Foram retiradas 110 pessoas de suas casas e não há previsão para a volta. Entre os moradores desalojados, 42 foram encaminhados a hotéis e os demais optaram por seguir para a casa de parentes ou outros locais, segundo a companhia em nota. Era previsto que 200 pessoas fossem evacuadas.

;A evacuação e o bloqueio dos acessos à área da Zona de Autossalvamento permanecerão até liberação pela Defesa Civil e demais órgãos competentes. As pessoas que não foram procuradas pelos órgãos competentes podem permanecer em suas casas;, informou a Vale, em nota divulgada à noite. A empresa disse que intensificou as inspeções na Barragem B3/B4, em regime especial, com a presença de profissionais especializados 24 horas por dia. Essa barragem tem processo construtivo a montante e faz parte do plano de aceleração de descaracterização anunciado pela companhia.





Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação