Grita do consumidor

Grita do consumidor

postado em 18/02/2019 00:00
BRB
Dificuldade para negociar dívidas

Daniela Alves Soares Detevez,
Guará 2

A servidora pública Daniela Alves, 52 anos, correntista do Banco de Brasília (BRB) há 26 anos, tem dívidas altas a pagar; por isso, procurou o BRB para participar do Programa Superendividados, destinado a clientes com elevado comprometimento financeiro. Entretanto, os benefícios foram negados a Daniela. ;A gerente da agência disse que eu estou dentro do perfil do Programa, mas não permitiram que eu participasse. Essa é a alternativa que tenho para sanar as dívidas;, lamenta.

Resposta da empresa
Em nota, o Banco de Brasília informou que o Programa de Consultoria Financeira oferecerá taxas especiais e um atendimento individualizado, com acompanhamento gerencial sistemático para 8,9 mil clientes, com comprometimento igual ou superior a 50% da renda mensal. Conforme informado pela comunicação oficial, serão foco, nessa primeira fase, os clientes do banco que têm vínculos com o Governo do Distrito Federal (GDF). Os clientes que, porventura, não estejam enquadrados nas condições descritas não serão público-alvo da ação, no momento.

Comentário da consumidora
  • ;Os meus colegas de trabalho foram chamados para participar do programa. Eu, que preciso tanto, ainda não estou na lista. Não pago aluguel há quatro meses e tenho filhos e netos dependentes dos meus recursos financeiros. Preciso desse auxílio do banco;


NET
Linhas telefônicas desconhecidas

Vânia Cristina Cristino,
Lago Norte

A leitora do Correio Vânia Cristino, 61, solicitou à NET a modificação do plano de internet contratado. No novo pacote oferecido, estava incluída uma linha telefônica da Claro, mas, após algum tempo, a cliente cancelou o serviço. Entretanto, nas faturas seguintes, a consumidora constatou a cobrança referente a quatro linhas telefônicas que não lhe pertenciam. ;Entrei em contato com a NET e fui informada de que o número de telefone da Claro não havia sido cancelado, mas meramente suspenso e reativado sem o meu consentimento. Além do mais, cobraram um valor alto pelas outras linhas desconhecidas;, reclama.

Resposta da empresa
A empresa de telecomunicações informou que, em contrato com o cliente, confirmou a correção da fatura. No mais, a operadora permanece à disposição para solucionar eventuais problemas.

Comentário da consumidora
  • ;A NET corrigiu o valor da fatura e paguei, mas, o que continua estranho é que ainda chega uma conta de telefone da Claro com um número desconhecido. Ninguém aqui em casa tem esse número. No entanto, agradeço à equipe do Correio Braziliense pela resolução do valor cobrado. Infelizmente, na maioria das vezes, as empresas só solucionam o caso depois de reclamação feita à imprensa ou por meio judicial;

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação