Crônica da Cidade

Crônica da Cidade

>> (cartas: SIG, Quadra 2, Lote 340 / CEP 70.610-901)

por Severino Francisco >> severinofrancisco.df@dabr.com.br
postado em 03/03/2019 00:00
Charles Preto

Furo! Charles Preto, o ditador vitalício e plenipotenciário do Pacotão, o mais famoso bloco da cidade, concedeu entrevista exclusiva para esta coluna. Fala, Charles!

Posso lhe fazer uma pergunta?
Charles Preto ; Já fez.

De onde vem o senso de humor do bloco que você preside?
Charles Preto ; Os maiores humoristas do Brasil estão na Esplanada dos Ministérios.

E, por falar em humoristas, como vê a proposta do ministro da Educação de pedir para gravar as crianças cantando o Hino Nacional?
Charles Preto ; Deviam pedir para filmar os contracheques dos professores, a precariedade das instalações e os assaltos nos arredores das escolas.

O que a gente pode fazer para desratizar o Brasil?
Charles Preto ; (Começa a cantar samba de Bezerra da Silva). ;Se vocês estão a fim de prender o ladrão, podem voltar pelo mesmo caminho: o ladrão está escondido lá embaixo, atrás da gravata e do colarinho.; Mas, sim, o que você perguntou mesmo?

Você acha que a proposta de não pagar o FGTS dos idosos aposentados que trabalham é roubo?
Charles Preto ; De forma alguma, é roubo. É apropriação indébita descarada mesmo.

Criticar é fácil, mas você tem um projeto alternativo para a Previdência?
Charles Preto ; Com a liberação das armas, é só incluir os aposentados entre 40 e 60 anos no Excludente de Ilicitude.

Quais são as palavras-chaves no sentido de mudar o mundo para melhor?
Charles Preto ; Flexibilizar, desregulamentar e desinstitucionalizar. Vocês não viram que deu certo em Brumadinho, em Mariana e no Ninho do Urubu? Por que não pode dar certo também no mundo do trabalho, do agronegócio, do meio ambiente, da saúde, do trânsito e da educação?

O que é isso, Charles Preto, você virou petista, comunista e esquerdopata?
Charles Preto ; Os flamenguistas me chamam de vascaíno; os vascaínos me chamam de flamenguista. Sou anarquista, patafísico e dadaísta.

Quem são as mulheres mais dadaístas do carnaval?
Charles Preto ; Nada a declarar. A política que é pornográfica.

Qual o principal desafio do agronegócio brasileiro?
Charles Preto ; A plantação de laranjas. Tem uma moça árabe que faz um suco muito bom em Brasília. Não me lembro o nome dela. Descubra aí.

É verdade que você morreu?
Charles Preto ; Morri no ano passado, mas este ano não morro.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação