Jovem baleado na estação

Jovem baleado na estação

Rapaz de 18 anos foi atingido por tiro disparado por vigilante do terminal do BRT de Santa Maria. Vítima está no Hospital Regional do Gama

ISA STACCIARINI
postado em 06/03/2019 00:00
A terça-feira de carnaval terminou com um jovem de 18 anos baleado no rosto por um segurança da estação do BRT de Santa Maria. O rapaz, identificado como Jhordan Maxwell Alves, foi levado ao hospital e deve passar por cirurgia. Tudo começou com uma confusão pós-folia, segundo a Polícia Militar do Distrito Federal. Um grupo de 20 a 30 pessoas voltava do carnaval, quando desembarcou na estação de Santa Maria e quebrou o vidro da janela de emergência, onde fica o cofre da estação, com um martelo. Ao imaginar que fosse tiro, o vigilante do posto revidou e disparou com um revólver calibre 38.

A bala atingiu Jhordan. Os bombeiros levaram a vítima para o Hospital Regional de Santa Maria, onde os médicos constataram que o projétil ficou alojado atrás do maxilar do paciente. Ele foi transferido para o centro cirúrgico do Hospital Regional do Gama.

O vigilante, 49, disse ao Correio, por telefone, que não poderia dar mais detalhes, mas explicou que estava tentando contato com o supervisor da empresa. ;Fui à delegacia, voltei para o meu posto e tentei falar com meu supervisor, mas ainda não consegui. Não posso dizer mais nada;, alegou. Questionado se os jovens quebraram as vidraças e sobre o estado de saúde do baleado, desligou o telefone.

Delegado plantonista da 20; Delegacia de Polícia (Gama), Ulysses Campos ouviu depoimentos de colegas de trabalho do vigilante e de testemunhas. Ele registrou ocorrência como dano a patrimônio público, ainda em apuração, e vai encaminhar o caso à 33; Delegacia de Polícia (Santa Maria). Para o investigador, trata-se de legítima defesa, pois o seguran não teve intenção de acertar ninguém.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação