Crônica da Cidade

Crônica da Cidade

Por Alexandre de Paula >> alexandredepaula.df@dabr.com.br
postado em 06/03/2019 00:00
Menos suco de laranja, por favor

Sucos de laranja são bebidas muito calóricas. Saborosas, não há dúvida, mas prejudiciais se consumidas sem parcimônia. Pergunte aos médicos e nutricionistas. A laranja tem muita sacarose, o tal açúcar das frutas. Podem engordar, aumentar o índice glicêmico e causar outros prejuízos. São, não se engane, um perigo muito real.

Laranjas são sempre uma tentação. Seja no consumo direto, seja pelos subprodutos. Parecem inofensivas e oferecem um prazer quase imediato. Exigem, em troca, apenas que sejam descascadas. Tudo mais é lucro e gozo. A tampa, o caldo, o sumo doce. Nada, no momento, parece desaboná-las, mas é, claro, que depois ; como tudo na vida, por sinal ; cobram um preço.

As frutas aparentemente inofensivas são um veneno também para a gastrite. Como todas as primas cítricas, podem vir carregadas de ácido. É um pecado, mas a laranja pode consumir o estômago de quem sofre de refluxo e azia. Pouco a pouco, o delicioso suco vai fazendo seu trabalho sujo.

Nem falo das laranjas podres, aquelas filhas desgarradas, patinhos feios, que podem estragar o todo sem nenhuma consciência. A questão aqui é justamente o risco das laranjas comuns, que podem, pouquinho por pouquinho, consumir tudo o que há ao redor.

Há laranjas com pouco suco, sem graça, meio pálidas. Você pode espremer, espremer que não se acha nada. Certas laranjas deveriam ser até de graça, visto que não funcionam bem: te oferecem algo e depois somem ou dão com a língua nos dentes. Negam o amor recebido e dizem até que foram rejeitadas. Ingratas.

Outras, é possível ver de longe, carregam em si todas as virtudes. Busque-as e receberá em troca todas as benesses. Já vi laranjas que poderiam custar mais de R$ 450 mil a saca ; com cerca de 33 unidades ; que valiam, sim, ; não duvidem ; R$ 5,7 milhões. Nem todas as laranjas, ressalte-se, são culpadas.

Laranjas, se consumidas sempre e sem regras, devastam tudo o que há em volta. Ao menos, quando se está em um lugar sério. Garanto, já vi laranjas que provocaram mortes horríveis e tenebrosas. Já vi laranjas balançarem estados e algumas delas, acreditem, poderiam, até, derrubar certos políticos e governantes.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação