Condomínio de luxo

Condomínio de luxo

postado em 13/03/2019 00:00
O condomínio Vivendas da Barra, no Rio de Janeiro, onde Ronnie Lessa foi preso ontem ; acusado de participação no assassinato da vereadora Marielle Franco ;, é de classe média alta, na Barra da Tijuca e ficou famoso por ter duas casas no nome do presidente Jair Bolsonaro.

Próximo à praia, o condomínio tem apartamentos e casas, muitas delas com piscina. O valor de uma residência pode chegar a R$ 4 milhões, segundo imobiliárias locais.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os patrimônios declarados por Jair Bolsonaro incluem duas casas no condomínio, que foram registradas com os valores de R$ 600 mil e R$ 400 mil. O presidente residia numa delas até tomar posse, em 1; de janeiro, e se mudar para Brasília.

Uma moradora do Vivendas da Barra desde 1976, que não quis se identificar, disse que, a princípio, proprietários adquiriam residências no local para passar o fim de semana. ;Com a crise, aos poucos, as pessoas passaram a morar na região. O condomínio não tem somente militares;, frisou. (BR* e MT*)

Manifestações amanhã
Os assassinatos de Marielle Franco e de Anderson Gomes motivaram a convocação de manifestações maciças e marchas para amanhã, quando o crime completa um ano.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação