Dia das Mães elevará vendas em 5% no DF

Dia das Mães elevará vendas em 5% no DF

Sindivarejista prevê crescimento de 5%, em relação a 2018. O gasto médio por pessoa sobe de R$ 140 para R$ 160

» ALAN RIOS
postado em 11/05/2019 00:00
 (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)




A economia brasileira está recebendo nesta semana uma injeção de R$ 9,7 bilhões. Até amanhã, só o Distrito Federal deve movimentar R$ 500 milhões. Os dados do Sindicato do Comércio Varejista (Sindivarejista) mostram que o Dia das Mães é aguardado com ansiedade pelo mercado, que considera a data como a mais importante do primeiro semestre do ano.

Outra previsão do comércio é de que o brasiliense gaste ainda mais do que em 2018. ;Estamos calculando um crescimento de 5% nas vendas este ano, em relação a 2018. Por pessoa, deve haver um gasto de R$ 160 por presente de Dia das Mães, um crescimento de R$ 20 em relação a 2018;, detalhou o presidente do Sindivarejista, Edson de Castro.

Para ele, o ;jeitinho brasileiro; também reflete muito nas compras, então as lojas da capital devem ganhar mais movimento nos próximos dias. ;O crescimento de vendas começou nesta semana, mas, a partir de hoje, é que devemos ter mais circulação nas ruas e shoppings;, destacou Edson.

Orçamento

Edilene Carvalho, 37 anos, é uma que ainda não comprou o presente da mãe. A servidora pública prometeu olhar com cuidado as opções para não gastar mais do que pode: ;Essa é uma ocasião muito especial, mas sigo a mesma linha de pensamento das outras vezes que vou às compras, tento achar algo que combine com a pessoa presenteada e que esteja dentro do meu orçamento para não me endividar;.

Mas contar com dinheiro que ainda não se tem é uma prática comum dos brasileiros. As vendas no cartão devem marcar as compras até amanhã. De acordo com levantamento do Sindivarejista, os cartões de crédito vão responder por 96% das vendas do Dia das Mães, seduzindo com maiores prazos para pagar, ainda que venham os juros. O aposentado Rubens Chaves, 61, diz que não vai se endividar, mas confessa que a data exige esforços maiores. ;É difícil não se apertar, porque a cada ano que passa as coisas estão mais caras. Mas a gente pode pesquisar para economizar. Eu mesmo comprei uma blusa que é cara da minha mãe;, revelou.





Importância

Agradar a pessoa que dá carinho e proteção desde a gravidez é algo que mexe com a sensibilidade. Tanto que o comércio considera o Dia das Mães a segunda data mais importante do ano, perdendo apenas para o Natal, como explicou Cláudia Durães, gerente de marketing. ;É uma ocasião que envolve muito afeto, porque o cliente quer deixar a mãe feliz. O Dia dos Namorados também está crescendo muito, mas ainda não supera essa data;, explicou.

Por isso, os presentes mais procurados estão em uma linha de quem quer deixar a homenageada se sentindo bem consigo mesma. ;Estamos vendendo principalmente muitos cosméticos, cremes, perfumes e materiais de bem-estar em geral, porque a mãe quer estar linda e cheirosa;, brincou Cláudia. Além dessas compras, o brasiliense também está procurando sapatarias e lojas de confecção, de acordo com o Sindivarejista. Outra pesquisa realizada mostrou também a busca de produtos eletrônicos, principalmente entre os mais jovens. A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) tem expectativa de que o Dia das Mães movimente R$ 3,3 bilhões no comércio eletrônico.

Thiago Gomes, 62, diz que buscará esse tipo de presente. ;Adoro comprar aparelhos de tecnologia e este ano pensei em dar um celular para minha esposa;, adiantou o aposentado. Cláudia Durães lembra ainda que o próximo domingo é dedicado a diferentes mulheres da família: ;Não só as nossas mães são homenageadas, mas também as sogras, esposas e outras;, exemplificou.

Mas se tem algo que atrai todo tipo de consumidor são as promoções. Os shoppings começaram a estampar anúncios de reduções nos preços no início de maio e devem contar com condições especiais até o fim da primeira quinzena do mês. ;Além disso, também começamos a fazer sorteios e dar incentivos diretos nas compras;, disse a gerente de marketing.


Dicas

Ao ir às compras, lembre-se de

; Preferir o pagamento com dinheiro

; Solicitar descontos, principalmente na compra de mais de um produto

; Tentar fugir de compras no cartão de crédito com parcelamentos com juros

; Pesquisar em diferentes lojas, físicas e virtuais, o valor do mesmo produto

; Procurar um presente significativo, que lembre a homenageada

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação