Grita geral

Grita geral

grita.df@dabr.com.br (cartas: SIG, Quadra 2, Lote 340 / CEP 70.610-901)

postado em 11/05/2019 00:00

CEILÂNDIA
FALTA DE ILUMINAÇÃO

A leitora Maria Teófila de Albuquerque procurou o Grita Geral para reclamar da falta de iluminação pública na quadra de esportes da Área Especial da EQNO 1/3 do Setor O, de Ceilândia Norte. ;Desde o último domingo (5/5), falta iluminação pública na área. A quadra de esporte, onde jovens e adultos jogam futebol e fazem outras práticas esportivas, está às escuras desde então. Moradores, comerciantes e eu ligamos para a Companhia Energética de Brasília (CEB) para que a energia fosse restabelecida no local. A companhia informou que o reparo seria feito na segunda-feira (6/5). Entretanto, nessa quarta-feira, tudo ainda permanecia no escuro. A negligência da estatal aumenta a insegurança no local, onde não há policiamento nem ronda da Polícia Militar, além, é claro, de impedir a prática de esportes;, disse a leitora.

; A Companhia Energética de Brasília (CEB) informou que equipes da companhia foram a campo na última sexta-feira para fazer os reparos necessários no local informado pela leitora. Acerca da falta de policiamento, a PMDF informou que um dos grandes desafios enfrentados pela Polícia Militar hoje tem sido o de combater à reiteração criminosa. ;Mesmo a PMDF trabalhando 24 horas por dia, não é possível manter uma viatura fixa em todos as quadras esportivas de Ceilândia;, informou.




NOVO GAMA
ÁGUA DESPEJADA NA RUA

A dona de casa Maria José Andrade, 54 anos, entrou em contato com o Correio para reclamar da água que escorre há anos na porta de sua casa, na Quadra 468 de Pedregal, no Novo Gama. ;O vizinho colocou a água que ele usa para lavar roupa, água da cozinha, para cair na rua. Com isso, essa água fica escorrendo na porta da minha casa dia e noite. Eu já tentei conversar com o vizinho para que ele desfaça o encanamento que joga a água na rua, já liguei na prefeitura pedindo providência, mas nada foi feito. Essa situação está assim há mais de cinco anos. Agora, o vizinho se mudou, outras pessoas foram morar na casa e a água escorrendo piorou. Por conta disso, o asfalto está todo degradado, a rua só anda suja, acumula lama, todo tipo de sujeira e um odor horrível. Não aguento mais essa situação, a prefeitura precisa tomar alguma atitude para resolver este problema;, pediu a leitora.

; A Prefeitura de Novo Gama informou que o despejo de água servida direto na rua é combatido diariamente. Destacou também que o infrator será notificado e conscientizado sobre o problema causado. Com relação à denúncia feita pela moradora, a prefeitura acrescentou que o Departamento de Fiscalização foi comunicado e já designou uma equipe ao local para averiguar a situação e tomar as devidas providências.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação