Depoimentos

Depoimentos

postado em 18/05/2019 00:00
 (foto: Arquivo pessoal)
(foto: Arquivo pessoal)


Momento importante

;Eu e minha companheira estamos planejando nos casar. O mais importante, porém, é que a partir de agora, as pessoas poderão escolher se querem se casar ou não. Estou realmente animada em ver este importante momento em Taiwan. Acho que os temas mais importantes em relação à comunidade LGBT em Taiwan envolvem a ignorância. Por experiência, se você tem paciência para começar uma conversa com pessoas que não o compreendem, elas mudarão de atitude.

Eu gostaria de deixar uma mensagem aos brasileiros da comunidade LGBT. Espero que, no Brasil, vocês possam ter um futuro melhor. Embora estejamos em países diferentes, sei que enfrentamos os mesmos desafios. Vamos continuar lutando por nossos direitos e para tentar encontrar uma forma de permitir que nossa cultura e a comunidade LGBT coexistam!”

Jennifer Liu é ativista LGBT em Taiwan e integrante da campanha Coalizão para Igualdade do Casamento em Taiwan



Um longo caminho

;Nós, asiáticos, temos uma cultura de mais de 5 mil anos. A história nos ensinou que o casamento deveria ser melhor entre um homem e uma mulher. Não entre dois homens ou entre duas mulheres. A lei foi reconhecida pela Suprema Corte e passará a valer em 24 de maio. Foi um longo caminho! Nós apreciamos esta decisão, assim como a postura da presidente Tsai Ing-wen. Eu não diria que exista discriminação contra os LGBTs em Taiwan. O termo é muito negativo. Eu diria que as pessoas não conheçam bem umas às outras. Os taiuaneses são receptivos a todos os tipos de pessoas.;

Tony (de verde) e o marido, Jay, são taiuaneses e se mudaram para os EUA, em 2016, com os filhos Coddy, 15 anos, e Angus, 12


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação