Duelo de mestres pela liderança

Duelo de mestres pela liderança

Palmeiras e Santos disputam o topo da tabela. Alviverde tem estilo pragmático, enquanto o time da Vila aposta em jogo ofensivo

postado em 18/05/2019 00:00
 (foto: Martin Bernetti/AFP - 21/9/18


)
(foto: Martin Bernetti/AFP - 21/9/18 )





O Pacaembu será hoje, às 19h, o local do quinto confronto direto entre os dois únicos técnicos em atividade no futebol brasileiro que trabalharam em Copas do Mundo e dirigiram times europeus. Luiz Felipe Scolari, do Palmeiras, e Jorge Sampaoli, do Santos, travam batalha tática particular no duelo direto entre o líder e o segundo colocado do Campeonato Brasileiro.

Felipão e Sampaoli conhecem bem o trabalho um do outro e têm respeito mútuo, pois sabem o quanto o rival é competente e costuma dar trabalho. Os quatro confrontos anteriores entre os dois foram apertados, com uma vitória para o técnico gaúcho e três empates, em partidas entre Brasil e Chile, e Palmeiras e Santos.

Enquanto o argentino Sampaoli arma a equipe com estilo ofensivo e tem apreciado ao máximo a nova vida no Brasil, Felipão prefere trabalhar com uma proposta diferente, mas conhecida e eficiente. O técnico campeão brasileiro gosta de montar defesas sólidas, defende o estilo pragmático de futebol de resultados e é discreto na vida pessoal. Por outro lado, o colega de profissão virou atração em Santos por jogar futevôlei na praia e andar de bicicleta pela cidade.

Filosofias

As duas diferentes filosofias de pensar o futebol chamam a atenção dos jogadores. ;São dois estilos totalmente distintos de jogo. A gente preza pelo equilíbrio, tanto ofensivo quanto defensivo, e o Santos tem por característica ser mais ofensivo. Vai ser bem-estudado, um jogo interessante, que rende discussão. Os estilos têm dado resultados;, diz o meia Moisés.

O Palmeiras não poderá contar com o meia Gustavo Scarpa. O jogador ainda se recupera de lesão na perna direita. O time deve ser o mesmo do último domingo, quando bateu o Atlético-MG por 2 x 0, fora de casa.

O Santos encara o desafio de estar mais desgastado. O time teve compromisso no meio de semana pela Copa do Brasil ; empate por 0 x 0 com o Atlético-MG ; e o técnico Sampaoli vai escalar quem estiver mais descansado.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação