Lá vem a noiva

Lá vem a noiva

Vestidos minimalistas, corsetes, manga bispo e, para as mais ousadas, plumas e macacões. Confira o que é tendência quando o assunto é se vestir para o próprio casamento

Marina Julião*
postado em 19/05/2019 00:00
 (foto: Steve Parsons/AFP - 12/10/18)
(foto: Steve Parsons/AFP - 12/10/18)




O vestido de noiva, para muitas, é a materialização de um sonho. São meses de planejamento para o dia perfeito. Talvez seja o item mais pessoal de todo o casamento. Ele reflete a personalidade da noiva, e a acompanha durante todo o seu dia especial.

Todo ano, algumas tendências aparecem no universo de casamentos. Julianna Nascimento, do blog Noiva do Dia, explica que, diferentemente da moda, as novidades nesse setor funcionam de forma diferente. ;Na moda, as tendências mudam muito de uma estação para outra; no casamento, elas podem durar anos.;

Algumas das principais tendências atuais começaram a surgir em meados do ano passado, e caíram nas graças das brasileiras. Um exemplo é o vestido minimalista, sem renda nem bordados, que bombou após o casamento de Meghan Markle, duquesa de Sussex, como explica a consultora de estilo Nayara Tognere. Meghan optou por um Givenchy, desenhado pela estilista britânica Clare Waight Keller. O modelo, com decote ombro a ombro, era liso e seco, sem tule ou volume.

Julianna explica que outro modelo que se tornou muito popular foi o ;decote dobrado;. ;Esse decote valoriza muito o colo da noiva, por isso tem sido tão popular;, explica. O modelo também se tornou popular após um casamento real, o da princesa Eugenie de York, em outubro de 2018.

O casamento da atriz global Marina Ruy Barbosa, em outubro de 2017, trouxe duas tendências para o circuito de noivas. Segundo Julianna, a ;manga bispo;, estilo de manga mais folgada, foi a escolha de Marina para a cerimônia religiosa e chegou como opção às mangas bufantes. O modelito Dolce & Gabanna escolhido pela atriz para a festa trouxe o corsete, que também virou tendência entre as mais modernas.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação