360 Graus

360 Graus

por Jane Godoy janegodoy.df@dabr.com.br
postado em 26/05/2019 00:00
 (foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press - 20/10/17)
(foto: Bárbara Cabral/Esp. CB/D.A Press - 20/10/17)
;O futuro depende do que fazemos hoje.;
Betinho



Notícia boa de dar!

Como os leitores mais assíduos tiveram oportunidade de ver, no domingo, 28 de abril, deixamos aqui neste espaço o nosso lamento e a nossa apreensão, quanto ao destino e ao futuro daquela que chamamos de nosso antigo shopping a céu aberto, a Avenida W3.

Escrevemos sobre ela várias vezes mas, naquele domingo de abril, o motivo de nosso artigo foi tirado do coração e da voz embargada de um Pioneiro, o empresário Hely Walter Couto (foto) que, aos 93 anos, garantiu que ;há 25 anos eu venho lutando pela revitalização dela.; E, acrescentou, nostálgico e desanimado, que ;será que eu ainda vou ter energia e força para ver essa avenida recuperada e com seu movimento restabelecido?;

Hoje, mais precisamente na edição de segunda-feira (20) deste jornal, eis que, ao abrir o Caderno Cidades, nos deparamos com a tão esperada e ansiada notícia, que veio com a manchete: Esperança de renovação na W3.

Nem é preciso dizer da alegria e a sofreguidão com que procuramos a página 18 daquele caderno, e buscamos ler, na íntegra, o que o título sugeria. E lemos: ;GDF começou obra em duas quadras e promete abranger toda a extensão da via.; Isso ilustrado com uma foto gigante das obras nas comerciais da 511/512 Sul, onde consertam a pista, calçadas estão sendo trocadas, becos entre os blocos estão merecendo reformas e cuidados, iluminação sendo substituída, asfalto recebendo recapeamento novo. Até a W2 entrou no esquema, com cuidados para os estacionamentos.

Iluminação precária, 30% das lojas fechadas, calçadas que não oferecem a menor segurança para os pedestres, prédios pichados e com aquele terrível visual de descaso e abandono, parecem ; tomara ; segundo a matéria veiculada, estar com os dias contados. As obras já iniciadas naquelas quadras deverão ser concluídas em outubro.

Depois disso, soubemos que a intenção do GDF é fazer esse trabalho nas W3 Sul e Norte, se estendendo pelos setores de Rádio e TV Sul, Hospitalar Sul, e Comercial Sul. Claro que cuidando da segurança e da mobilidade com carinho, em todos os aspectos, segundo garantia do Secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Mateus de Oliveira.

Por falar em mobilidade, é aí que queremos colocar a maior aspiração dos brasilienses. Esperamos com todas as forças que, pensando nas próximas gerações, consequência do aumento gradativo e inevitável da população, a intenção do governo de juntar a essas obras de restauração e melhorias nas vias Sul e Norte, que levem a fundo a ideia de implantar e levarem a termo, durante as obras, o tão necessário e útil Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

Esperamos que a intenção de começar ainda este ano seja concretizado e que, de verdade, as obras sejam concluídas ainda dentro deste mandato.

Mais um motivo de nos orgulharmos de uma Brasília evoluída, com um transporte moderno e capaz de fazer par com os centros mais desenvolvidos do país e do mundo.

Os brasilienses jamais se esquecerão disso. Como não se esquecem de JK, que sonhou e realizou o seu sonho. E aqui estamos.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação