Muito além da política

Muito além da política

postado em 26/05/2019 00:00


Perto, mas nem tanto

Fiador da reforma da Previdência, o Novo está preocupado com a proximidade excessiva entre o partido, literalmente novo na política, e o Palácio do Planalto. Para distanciar a bancada do presidente Jair Bolsonaro, os ;novos; vão se opor efusivamente a outras decisões do Executivo.



Mas um café vai bem
Apesar desse ;distanciamento;, deputados da legenda serão recebidos por Bolsonaro nesta quarta-feira. O encontro ocorre durante a manhã, com direito a café especial no Planalto. Salta aos olhos tamanha deferência, pois até a base aliada tem encontrado dificuldades para se reunir com o capitão.



O assunto
Assessores palacianos garantem que o encontro está mais para ;fechar alianças;, que para ;encerrar a relação;. É a primeira vez que o palácio convida uma bancada completa para encontro com o presidente. Nem o PSL, partido governista, teve o privilégio.



Estava lá
Evitando movimentos bruscos, o líder do Novo na Câmara, deputado Marcel Van Hattem (RS), foi um dos poucos parlamentares convidados à cerimônia de apresentação da segunda parte da campanha publicitária da reforma da Previdência. E compareceu.



De um jeito ou de outro I
O Congresso Nacional não tem dado a mínima à MP 868/2018, que institui novo marco legal no saneamento básico no Brasil. Preocupado, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pediu ajuda ao Planalto. Se a medida caducar (o prazo é 3 de junho), tudo indica que o presidente Bolsonaro vai reenviar o texto em forma de urgência para ser analisado pela Câmara.





De um jeito ou de outro II

Craque nas articulações, Rodrigo Maia tem organizado almoços e jantares na residência oficial para se aproximar discretamente de quem pode acelerar a aprovação da nova Previdência. Marcelo Ramos (PR-AM), presidente da Comissão Especial que trata sobre o tema, foi a um desses encontros. Dizem que começou, ali, de fato, a contagem de votos para aprovação do projeto.




Xô, privilégios
Deputados da esquerda encabeçados pelo PDT querem implementar uma frente de ;corte de privilégios; entre os colegas. Tudo, é claro, sem fulanizar ninguém. Vão só propor uma série de medidas para economizar dinheiro da Câmara, como corte de despesas com verba de gabinete e cota parlamentar. Nos primeiros meses do ano, esse gasto superou os R$ 110 milhões.




Liderança vazia
Avesso a entrevistas, o deputado Alexandre Frota (PSL-SP) topou conversar com a coluna. Deliciava-se com uma salada caesar no restaurante da Câmara, o que não atrapalhou sua disposição em falar das dificuldades do governo Bolsonaro. Sobre o cobiçado cargo de líder governista na Casa, disse: ;Quero passar longe;. A vaga está com o deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), que deve ser substituído. Assim como Frota, parlamentares pesselistas temem que as atribulações do Planalto atrapalhem a articulação de quem topar substituir o policial goiano.




Boa ideia
Após divulgação dos carros elétricos que serão usados pelos servidores do GDF, chegou ao Planalto a ideia de, talvez, implementar os veículos inteligentes também na Esplanada de Bolsonaro. Nem sim nem não. O presidente quer ver se a ideia vinga. Depois, pensa no que fazer.




Sem graça
Alguém deveria avisar ao ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, que falar de coisa séria dando exemplo engraçadinho não está dando certo. Primeiro, foi aquela história do filho que coloca a mão no liquidificador (quando ele comparou revólver e liquidificador ao defender o decreto de liberação de armas). Depois, vem a defesa do contingenciamento das verbas da Educação. ;Se o dinheiro está curto, você para de ir à pizzaria e toma uma sopinha no domingo;, disse o ministro. Não teve graça.





Vale a visita
Daqui pra frente, quem visitar o Palácio do Planalto aos domingos poderá ver de perto o Rolls-Royce usado nas posses presidenciais. O veículo foi incluído entre as atrações do tour que ocorre semanalmente no local. ;Visitar o Palácio do Planalto é um encontro com a nossa história. Uma viagem narrada por meio de obras de arte, arquitetura e pessoas;, explica o ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência, Floriano Peixoto.





Segredinhos...

Câmera, ação!
A próxima campanha do Detran será estrelada pelo modelo brasiliense Marcus Vinícios Oliveira. Só falta aprovação do novo diretor-geral, Alírio Neto.




Tapa no visual
Caçula da família Bolsonaro, Jair Renan (foto) escolheu uma barbearia de Águas Claras para renovar o visual. Mas preferiu um corte de cabelo quase igual ao do pai, com uma franja de lado.



Gypsy
O embaixador Paulo Uchôa, que esteve à frente do cerimonial na posse do presidente Bolsonaro, deu rasante em Brasília para ir à festa de Ana Paula Gonçalves, na Chapada dos Veadeiros.




Polêmica
Estudantes de nutrição de uma universidade particular da capital fizeram slides perguntando se carboidratos viravam gordura, durante apresentação. As opções: #elesim e #elenão.





Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação