Marta cobra mais profissionalismo

Marta cobra mais profissionalismo

postado em 24/06/2019 00:00
 (foto: Franck Fife/AFP)
(foto: Franck Fife/AFP)


De batom vermelho, a capitã brasileira Marta fez um discurso emocionado após a partida. Ao público, agradeceu o apoio. Às atletas, cobrou profissionalismo. ;Hoje, estamos tendo a oportunidade de pedir, estamos vendo que as coisas estão melhorando, mas nem sempre valorizamos como deveríamos. É isso que precisamos colocar na cabeça dessas meninas. Porque as coisas não são feitas de momentos. Elas só acontecem quando a pessoa está preparada para se dedicar;, disse.

;É um apelo. Nós queremos cobrar, mas também temos de ser cobradas, no sentido de querer fazer as coisas, melhorar fisicamente, viver como atleta. Lógico que temos o nosso momento de nos divertir, mas tudo dentro de um cronograma;, completou a atacante, que se tornou a maior artilheira da história das Copas do Mundo, com 17 gols.

A jogadora seis vezes melhor do mundo se refere ao avanço da modalidade em todo o mundo. ;O nível do futebol feminino não permite mais treinar na hora que quer. O negócio está alto nível, o que é importante para abrilhantar o espetáculo. Isso mostra que somos capazes. Não é aquele futebol devagar, mortinho. O jogo foi maravilhoso. Infelizmente, não vencemos, mas era lá e cá;, observou Marta.

Em 2020, a Seleção Brasileira feminina terá outro grande evento. As Olimpíadas de Tóquio, no Japão, são projetadas como a última competição do elenco que representou o Brasil na Copa do Mundo da França, inclusive com a despedida de Cristiane e Formiga. (MN e MEC)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação