Aventura e diversão explodem na tela

Aventura e diversão explodem na tela

Filmes de franquias de sucesso como Velozes e furiosos e enredos que inovam, caso de Turma da Mônica, marcarão o período das férias na telona

» Ricardo Daehn
postado em 01/07/2019 00:00
 (foto: Walt Disney/Divulgação)
(foto: Walt Disney/Divulgação)

Com as férias despontando, os preparativos estão em curso: hora de fechar, temporariamente, os livros escolares e se entregar ao lazer, dentro, fora de casa ou, ainda, a meio caminho, nas esperadas viagens. Independentemente dos custos de passagem, a viagem é possível: há quem aposte na viagem de sentimentos e reminiscências infantis, possibilitada pelas opções de filmes que chegarão às salas de cinema.

;A empolgação com os novos filmes da Disney, de live action para clássicos, por exemplo, está em ver como a adaptação foi feita, quais situações trazem de novidade e, ao mesmo tempo, ver como reforçam o apego emocional que as pessoas têm com os filmes mais antigos;, observa a estudante de história Larissa Cardoso, 21 anos.

A atração mais esperada para a estudante Larissa já foi eleita: O rei leão, com estreia marcada para 18 de julho. ;Com certeza, estarei lá no cinema, num programa em família, com irmão, pai e primos, todos juntos. Acho a leva de filmes refeitos muito boa para quem cresceu no final dos anos de 1990. São filmes que trazem uma carga de nostalgia bastante positiva ; carregam um pedaço de memória muito bom;, avalia.

Na escala dos filmes de infância, assistidos em fita VHS, O Rei Leão ocupa o topo. Para a estudante, é ;dos maiores;, mudou o universo da animação e teve como base momentos embalados pela peça Hamlet. ;É um filme com uma mensagem lindíssima e profunda, diferenciada e inusitada. Trata de amizades, de uma jornada para Simba, que assumirá o papel esperado, e lida com o ciclo da vida: mexe com a infância;, explica a ansiosa espectadora.

Aventura, perto do período escolar, com problemas na lida com colegas e com a namorada, faz parte da vida do fotógrafo e videomaker Cristiano Silva. Mas só nas leituras de histórias em quadrinhos e nas sessões de cinema. Aos 40 anos, ele reanima a etapa da puberdade, ao esperar pela estreia do filme Homem-Aranha: longe de casa, bem próxima por sinal: na próxima quinta-feira.

;Cresci lendo, na idade de adolescente, os quadrinhos que tratavam justo das problemáticas de um protagonista adolescente. Achei os filmes anteriores da franquia com o Andy Garfield muito sombrios. Os de agora, com o Tom Holland, trazem de volta a alegria;, comenta o fotógrafo, mesma profissão, aliás, do ídolo Peter Parker dos quadrinhos.

O atual protagonista, na interpretação de Tom Holland, tornou o filme mais fiel aos quadrinhos, defende Cristiano Silva. ;Tobey Maguire foi o primeiro a assumir o papel, e ele criou um fervor ; ficamos encantados, por ver o Homem-Aranha na tela. Agora estou ansioso pelo novo longa. O filme anterior (Homem-Aranha: de volta ao lar, em 2017) criou um clima para o seguinte. Mas havia a ideia de que o vilão fosse o Escorpião. Thanos, desde que estalou o dedo, criou um contexto para modificações. Com Mysterio como vilão, que é o cara dos truques, da enganação, fica a expectativa forte;, diz.

; Ricardo Daehn

Com as férias despontando, os preparativos estão em curso: hora de fechar, temporariamente, os livros escolares e se entregar ao lazer, dentro, fora de casa ou, ainda, a meio caminho, nas esperadas viagens. Independentemente dos custos de passagem, a viagem é possível: há quem aposte na viagem de sentimentos e reminiscências infantis, possibilitada pelas opções de filmes que chegarão às salas de cinema.

;A empolgação com os novos filmes da Disney, de live action para clássicos, por exemplo, está em ver como a adaptação foi feita, quais situações trazem de novidade e, ao mesmo tempo, ver como reforçam o apego emocional que as pessoas têm com os filmes mais antigos;, observa a estudante de história Larissa Cardoso, 21 anos.

A atração mais esperada para a estudante Larissa já foi eleita: O rei leão, com estreia marcada para 18 de julho. ;Com certeza, estarei lá no cinema, num programa em família, com irmão, pai e primos, todos juntos. Acho a leva de filmes refeitos muito boa para quem cresceu no final dos anos de 1990. São filmes que trazem uma carga de nostalgia bastante positiva ; carregam um pedaço de memória muito bom;, avalia.

Na escala dos filmes de infância, assistidos em fita VHS, O Rei Leão ocupa o topo. Para a estudante, é ;dos maiores;, mudou o universo da animação e teve como base momentos embalados pela peça Hamlet. ;É um filme com uma mensagem lindíssima e profunda, diferenciada e inusitada. Trata de amizades, de uma jornada para Simba, que assumirá o papel esperado, e lida com o ciclo da vida: mexe com a infância;, explica a ansiosa espectadora.

Aventura, perto do período escolar, com problemas na lida com colegas e com a namorada, faz parte da vida do fotógrafo e videomaker Cristiano Silva. Mas só nas leituras de histórias em quadrinhos e nas sessões de cinema. Aos 40 anos, ele reanima a etapa da puberdade, ao esperar pela estreia do filme Homem-Aranha: longe de casa, bem próxima por sinal: na próxima quinta-feira.

;Cresci lendo, na idade de adolescente, os quadrinhos que tratavam justo das problemáticas de um protagonista adolescente. Achei os filmes anteriores da franquia com o Andy Garfield muito sombrios. Os de agora, com o Tom Holland, trazem de volta a alegria;, comenta o fotógrafo, mesma profissão, aliás, do ídolo Peter Parker dos quadrinhos.

O atual protagonista, na interpretação de Tom Holland, tornou o filme mais fiel aos quadrinhos, defende Cristiano Silva. ;Tobey Maguire foi o primeiro a assumir o papel, e ele criou um fervor ; ficamos encantados, por ver o Homem-Aranha na tela. Agora estou ansioso pelo novo longa. O filme anterior (Homem-Aranha: de volta ao lar, em 2017) criou um clima para o seguinte. Mas havia a ideia de que o vilão fosse o Escorpião. Thanos, desde que estalou o dedo, criou um contexto para modificações. Com Mysterio como vilão, que é o cara dos truques, da enganação, fica a expectativa forte;, diz.


; Trilhas da aventura

Homem-Aranha: longe de casa (Quinta-feira, nos cinemas)
O universo da Marvel sofreu uma guinada, com Vingadores: Ultimato. Numa nova realidade, em filme com direção de Jon Watts (o mesmo à frente de Homem-Aranha: de volta ao lar), Peter Parker (Tom Holland) enfrentará Mysterio, ardiloso vilão. No elenco do filme estão Zendaya, Jake Gyllenhaal, Marisa Tomei e Jon Favreau.

Pets 2: A vida secreta dos bichos 2 (filme em cartaz)
Max e Duke, animais de estimação muito independentes, estão a postos para uma realidade inovadora: a dona da casa em que vivem terá o primeiro f

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação