Sereias da Vila passam noite à deriva

Sereias da Vila passam noite à deriva

Maíra Nunes
postado em 17/07/2019 00:00
 (foto: Reprodução/Instagram
)
(foto: Reprodução/Instagram )




Nove dias após a bem-sucedida repercussão da Copa do Mundo da França, a técnica do Santos, Emily Lima, usou o perfil nas redes sociais para exibir o que ela chamou de ;realidade do futebol feminino no Brasil;. As imagens mostram as jogadoras da equipe vice-líder do Campeonato Brasileiro dormindo no saguão de um hotel em Manaus, devido à falta de quartos. Depois da repercussão da denúncia, a treinadora disse que uma pessoa se sensibilizou com a situação do time e encontrou disponibilidade em outro hotel para realocá-las durante a madrugada.

As Sereias da Vila enfrentam o Iranduba, na Arena Amazônia, hoje, às 21h, pela 12; rodada da competição. Segundo a ex-treinadora da Seleção Brasileira feminina, não havia quartos disponíveis para o hotel indicado a atletas e comissão técnica santistas passarem a noite de segunda-feira. Diante do ocorrido, Emily fez duras críticas à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e à empresa Palace, responsável pela logística de viagens do Campeonato Brasileiro.

;Saímos de Santos às 15h. Segundo a senhora CBF e a senhora Palace, não havia voo amanhã (terça-feira, 16). Mandaram em um voo hoje, picado, com escala em Brasília. Chegamos ao hotel e não tem vaga. Então, vamos dormir na recepção do hotel. Esse é o respeito que as pessoas têm com o futebol feminino no Brasil. Ainda tenho de tomar cuidado com o que falo;, reclamou Emily Lima.

Após a repercussão da denúncia feita por Emily Lima nas redes sociais, a treinadora disse em novo vídeo, divulgado na manhã seguinte, que conseguiu uma solução para que o time não passasse o restante da madrugada na recepção do hotel. ;Nossas meninas dormiram bem. Encontramos um gerente chamado Willian, que se sensibilizou com nossa chegada. Acabou fazendo uma correria e achou um hotel com 13 apartamentos para que elas e a gente da comissão pudesse descansar;, contou a treinadora.

O time do Santos foi realocado para o Quality Hoteis & Suites Manaus, que confirmou ao Correio a permanência da estadia de todo o elenco e da comissão técnica até amanhã, um dia após o confronto contra o Iranduba pelo Campeonato Brasileiro. Na sequência de vídeos, a técnica ainda lembrou de uma ex-atleta do Santos que precisa lavar a roupa da equipe em que está atualmente para continuar jogando futebol. Comentou sobre o time do Vitória, que joga a uma hora de distância da sede do clube, além das atletas do Sport, que reclamam da falta de respeito na modalidade no Brasil. ;Estamos falando do campeonato nacional de futebol para mulheres;, ironizou Emily Lima.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação