Encantos de Toronto

Encantos de Toronto

Metrópole canadense, localizada à beira do Lago Ontário, mistura arranha-céus, casas de estilo vitoriano e espaços verdes. Constantemente comparada a Nova York e a Chicago, oferece o melhor dos dois mundos, com cena cultural rica, gastronomia diversificada, bairros boêmios e turismo de natureza

postado em 17/07/2019 00:00
 (foto: Tourism Toronto/Divulgação)
(foto: Tourism Toronto/Divulgação)


Toronto ; Da famosa e imponente CN Tower às ruelas cobertas por arte e cores vivas: cada canto de Toronto poderia estampar um cartão-postal. Maior centro financeiro do Canadá, à beira do Lago Ontário, mistura arranha-céus, casas de estilo vitoriano e espaços verdes. Constantemente comparada a Nova York e a Chicago, a metrópole oferece o melhor dos dois mundos, com cena cultural rica, gastronomia diversificada, bairros boêmios e turismo de natureza.

O centro de Toronto é um festival de contrastes. Abriga, por exemplo, um complexo secular: a Distillery District. No local, que ostenta uma estrutura aparente de tijolos e metal, funcionou a The Gooderham and Worts Distillery, maior produtora e exportadora de uísque do mundo entre os anos de 1877 e 1905. Hoje, a maioria dos 47 prédios do lugar dão espaço a bistrôs, cafés e restaurantes, além de lojas de bebidas e petiscos.

A 2,4 km dali ; ou seis minutos de carro ; fica a Yonge Dunda;s Square. Com traços modernistas, a avenida é repleta de letreiros e outdoors iluminados. Uma espécie de Times Square, com tamanho reduzido. Próximo à Distillery District, com o mesmo tempo de deslocamento, está a CN Tower, torre de transmissão de 553,33 metros, com um mirante que permite a vista de 360; da cidade.

A veia artística da metrópole divide-se entre museus, galerias e vielas. A Art Gallery of Ontario (AGO) narra a rica história canadense entre quadros e esculturas, além de receber instalações reconhecidas mundialmente. Os apaixonados por história natural não podem deixar de visitar o Royal Ontario Museum. Quem prefere a arte fincada nas ruas deve explorar a Graffiti Alley ; espaço de 1 km com paredes cobertas por grafite de artistas de diversos países.

A lista de atrativos também reserva espaço para eventos esportivos. A hegemonia do hóquei no coração dos canadenses é indiscutível ; em Toronto, o Hockey Hall of Fame conta a história da modalidade. Time oficial da cidade, o Toronto Maple Leafs joga, de outubro a abril, no primoroso ginásio multiuso Scotiabank Centre.

As quadras são a casa, ainda, do Toronto Raptors, que garimpou mais espaço para o basquete na predileção dos canadenses. De forma inédita, a equipe conquistou o título da NBA na última temporada. No dia da vitória histórica, 14 de junho, milhares pintaram as ruas de vermelho e fincaram suas bandeiras. Na manhã seguinte, as camisas do time estavam esgotadas nas principais lojas da metrópole.

Deslocamento

Com temperaturas em torno de 20;C e brisas suaves, o verão é a melhor estação para desbravar a cidade. O calor, no entanto, dura pouco. Começa em junho e termina ao início de outubro. Quem optar por conhecer a metrópole no inverno canadense pode aproveitar o chamado Path ; passagens subterrâneas que interligam prédios residenciais, restaurantes, atrações turísticas e pontos do transporte público.

Não há voos direto de Brasília para Toronto. Mas é possível viajar, por exemplo, de São Paulo à metrópole. A Air Canadá realiza o trajeto diariamente a partir do aeroporto de Guarulhos, às 20h30. A aeronave que faz o trecho ; o Boeing 187-900 ; dispõe das classes Executiva, Economy Plus e Econômica.

Ao aterrissar, a opção mais barata para a locomoção é o transporte público, que, em Toronto, é integrado por metrô, ônibus e bondinho. No sistema integrado, é preciso pagar apenas uma vez pelo trajeto. A tarifa é de CDA$ 3,25, para adultos, e CDA$ 2,20, para estudantes ; vale lembrar que um dólar canadense equivale a cerca de R$ 3. Crianças de até 12 anos e idosos não pagam. Para quem prefere andar de carro, Uber ou Lyft, as corridas pelo centro ficam em torno de CDA$ 7 e CDA$ 15.

* A repórter viajou a convite da agência Turismo de Toronto


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação