Na estante

Na estante

postado em 26/07/2019 00:00
 (foto: Reprodução/Internet)
(foto: Reprodução/Internet)

A maldição da chorona
(The curse of la llorona, EUA, 2019). De Michael Chaves. Com Linda Cardellini, Marisol Ramirez, Patricia Velasquez, Jaynee-Lynne Kinchen e Roman Christou. Warner, terror, 93min. Não recomendado para menores de 14 anos.
Com produtores saídos de franquias como A freira e Annabelle, a estreia em longas de Michael Chaves remexe em elementos de folclore e religião. O medo e os sustos pipocam na tela. Na trama, há até conexão com sucesso de Annabelle (2014), diante de repeteco na aparição do padre Perez. O enredo está bastante ligado ao ano de 1973, em que reverbera o desespero da entidade Llorona (Ramirez), condenada à espécie de limbo. Entre clichés, como o das caprichadas ambientações que sugerem rituais e encenação em meio a acúmulo de velas, Carlos e Tomas sofrem como filhos da atormentada Patricia (Velasquez), supervisionada por uma assistente social. Maldições de século se cruzam na fita. (Ricardo Daehn)

Ela é afro
De César Mel. Multipliq Produções, 12 músicas. Disponível nas plataformas digitais e em versão física em CD (com duas faixas extra).
Soul, blackmusic e samba se misturam no álbum Ela é afro, de César Melo. Lançado na última sexta-feira (19), o disco tem participação de Lázaro Ramos, Paula Lima e do rapper Sasquat. As letras valorizam a cultura brasileira e a ancestralidade negra. A música que dá nome ao disco tem clipe protagonizado pela atriz Isabel Fillardis. A obra está disponível nas plataformas digitais, mas quem adquirir o CD físico tem duas músicas exclusivas. (Melissa Duarte, sob supervisão de Igor Silveira)

Do rock ao clássico
De Arthur Dapieve. Editora Agir. 256 páginas. R$ 39,90. Dapieve conta por meio de crônicas, a história da música e acontecimentos na cena musical, transitando entre os grandes gêneros da indústria como Chico Buarque, Legião Urbana, Amy Winehouse e outros fenômenos. Assim, Do rock ao clássico faz um apanhado de narrativas emocionantes e incríveis sobre o cenário musical dentro das cem crônicas que compõem a obra, divididas em cinco partes que fazem parte do percurso afetivo-musical do autor. (Geovana Melo, estagiária sob supervisão de Igor Silveira)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação