Grita geral

Grita geral

grita.df@dabr.com.br (cartas: SIG, Quadra 2, Lote 340 / CEP 70.610-901)

postado em 22/08/2019 00:00

SOBRADINHO
À ESPERA DE CIRURGIA

A leitora Marlene Paes Landim, 42 anos, reclama da demora na marcação de uma histerectomia no Hospital Regional de Sobradinho. A cirurgia para a retirada do útero devido a um mioma é adiada há mais de dois anos. ;Tive diversas complicações por não ter feito a remoção do órgão imediatamente. Sempre desmarcam por falta de recursos no hospital. Apesar de eu estar na lista de espera, geralmente, surge algum entrave (no sistema de saúde) que me impede de realizar o procedimento. A minha mãe mora no Piauí e está doente. Tenho urgência para resolver essa questão para poder ficar com ela;, afirmou Marlene.

; Em nota, a direção do Hospital Regional de Sobradinho esclareceu que a paciente está inserida na lista para o procedimento. O último atendimento da paciente na unidade ocorreu em 27 de julho. No momento, Marlene aguarda o resultado de novos exames para a realização da cirurgia.





JARDIM BOTÂNICO
CRUZAMENTO PERIGOSO

A moradora do Condomínio Estância Quintas da Alvorada Cristiane Pereira, 48 anos, queixa-se da dificuldade para chegar à casa dela. O setor habitacional onde ela mora fica às margens da Estrada Parque Contorno (EPCT) ; ou DF-001 ; e não tem retorno ou acostamento específico para que os carros possam cruzar a pista em segurança no sentido Lago Sul;Jardim Botânico. Apesar de a velocidade máxima da via ser de 60km/h, os veículos passam rápido, aumentando o risco de colisões traseiras. ;A entrada é muito perigosa. Quando preciso entrar na guarita, tenho de jogar o carro para o mato e esperar que não venham outros veículos nos dois sentidos da pista. À noite, fica ainda mais arriscado;, denunciou.

; O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que tem conhecimento da situação e estuda uma alternativa para melhorar a segurança viária no local. O setor de Engenharia de Tráfego do órgão avalia a melhor maneira de resolver a situação.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação