Sem liberdade

Sem liberdade

postado em 23/08/2019 00:00
 (foto: Vitrine Filmes/Divulgação)
(foto: Vitrine Filmes/Divulgação)

O DIRETOR BENJAMÍN NAISH encontrou uma maneira de retratar o período político-ditatorial na Argentina sem mencionar a própria ditadura. Tal composição é realizada por meio das intervenções, paranoias e agressividade na vida de Claudio, um advogado de meia idade.

Lidando com um caso de violência iniciado em um restaurante, Claudio se vê acompanhado por um policial arrogante e um advogado pelo resto da trama. As metáforas relacionadas à ditadura começam a surgir de maneira sutil, com pessoas sumindo e casos desconexos surgindo.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação