Plano de rejuvenescimento

Plano de rejuvenescimento

Mauro Fernandes projeta a reformulação de 70% do elenco do Brasiliense para o aniversário de 20 anos do time

Mariana Fraga*
postado em 12/09/2019 00:00
 (foto: Carlos Vieira/CB/D.A Press
)
(foto: Carlos Vieira/CB/D.A Press )



Técnico do Brasiliense desde 2 de setembro, Mauros Fernandes, 66 anos, tem um grande objetivo para a equipe em 2020. ;Na temporada em que comemora 20 anos, o clube precisa ganhar títulos;, afirma. Mineiro de Sete Lagoas, será a terceira passagem no time de Taguatinga. No futebol candango, também comandou Gama e Ceilândia, além de apresentar um currículo extenso país afora. Crítico do atual momento das equipes de Brasília ; ausentes de todas as divisões nacionais ; ele se descreve como o treinador que irá resgatar o Jacaré ;da fase difícil em que se encontra;. Para isso, traçou um projeto ousado com a diretoria da agremiação amarela: ;Em três anos, o Brasiliense estará novamente na Série A do Campeonato Brasileiro;, promete. Visando conquistar o acesso à Série C no ano que vem, o comandante planeja renovação total do elenco.

Acostumado a vencer na primeira década de 2000, quando foi campeão das Séries C e B (2002 e 2004), hexacampeão local (2004 a 2009), além do polêmico vice-campeonato na Copa do Brasil (2002), o Brasiliense, equipe com o maior investimento no futebol do DF, está há duas temporadas sem conquistar um título. A última vez que levantou uma taça foi no Candangão de 2017, quando foi campeão diante do Ceilândia. Apesar do jejum de títulos, Mauro Fernandes descarta entrar pressionado a apresentar resultados. ;Acho que a minha vinda ao Brasiliense é justamente para tirar a carga dos jogadores, até pela experiência que eu tenho dentro do futebol. A gente sabe que pode fazer um trabalho que realmente resgate a identidade do Brasiliense, que sempre foi uma equipe vitoriosa;, assegura.

O novo treinador conta que o propósito para o aniversário de 20 anos do time de Taguatinga é a conquista do Candangão e o acesso para a Série C. No entanto, o técnico destaca que, para contar com uma equipe competitiva, ao menos 70% do elenco será renovado para o ano que vem. Atualmente, os jogadores do time de Taguatinga têm média de idade de 29,5 anos. O Brusque, campeão da Série D, tem um plantel com a média de 25,7 anos.

Passado

;Na minha primeira passagem (em 2004), tínhamos um time muito bom, sem muitos jogadores conhecidos. Quando o Brasiliense entrou em uma linha de trazer medalhões, atletas que estavam finalizando a carreira, isso provocou uma queda de rendimento na história do time. Por isso, a gente vai tentar diminuir a idade do Brasiliense para ter uma equipe competitiva;, avalia.

Mauro Fernandes conta que há respaldo da diretoria do clube para que as mudanças sejam feitas. ;Vamos buscar fazer uma reformulação gradativamente. Para o final deste ano, o torcedor e a imprensa vão ver grandes novidades dentro da equipe. Temos alguns nomes em vista;, conta.



859 dias

Tempo decorrido desde a conquista do último título do Brasiliense


;Quando o Brasiliense entrou em uma linha de trazer medalhões, atletas que estavam finalizando a carreira, isso provocou uma queda de rendimento na história do time. Por isso, a gente vai tentar diminuir a idade do Brasiliense para ter uma equipe competitiva;
Mauro Fernandes, técnico do Brasiliense

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação