Petrobras: duto sem problemas

Petrobras: duto sem problemas

» MARIA EDUARDA CARDIM
postado em 21/09/2019 00:00

A iminência do Distrito Federal ficar sem gasolina neste fim de semana por causa de problemas no duto que abastece Brasília e Goiânia foi negada ontem pela Petrobras. A estatal informou que o duto Osbra ;opera normalmente; e, dessa forma, rebateu a informação fornecida pelo Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e de Lubrificantes do Distrito Federal (Sindicombustíveis-DF). A entidade afirmou que o problema no duto afetaria o abastecimento da capital e ainda afirmou que os preços poderiam aumentar por causa da relação de oferta e demanda.

;A Petrobras informa que o duto Osbra, responsável pelo abastecimento de combustíveis em Brasília e Goiânia está operando normalmente. Não há problemas na distribuição e o abastecimento ao mercado está garantido. A companhia reitera que seu compromisso é com a venda e entrega de combustíveis às distribuidoras, e que essas são as responsáveis pela entrega dos produtos aos postos;, diz a nota da empresa.

Ao ser questionado pelo Correio sobre o comunicado da Petrobras, o presidente do Sindicombustíveis, Paulo Tavares, reafirmou que há problemas nos dutos e que, em algum momento, faltará combustível. Segundo ele, a BR Distribuidora vai conseguir entregar produto apenas para os próprios revendedores, logo, postos de bandeira branca não receberão. ;Se a Petrobras nega o problema, precisa explicar por que a BR está pegando combustível de Goiânia, já que era para pegar do duto de Brasília;, afirmou.

Segundo o presidente, a gasolina ainda não faltaria ontem, já que os postos ainda estavam com estoque de quinta, mas a partir de hoje já seria possível notar a falta do combustível em alguns estabelecimentos.

Demanda


Em nota, o Sindicombustíveis afirmou que as distribuidoras informaram ;dados conflitantes;. ;Há versões de vazamento de duto por uma grande distribuidora. Em outra grande distribuidora, a falta de produto se deve à demanda, que passou a ser maior que a oferta devido ao aumento de R$ 0,06 na gasolina nas refinarias, repassado aos revendedores;, disse.

A Plural (Associação Nacional das Distribuidoras de Combustíveis, Lubrificantes, Logística e Conveniência) informou que recebeu a informação de que houve um ;aumento de demanda de 15%;, o que fez com que as distribuidoras buscassem reposição em mercados próximos à região. No entanto, não citou o problema com os dutos no comunicado. Já a distribuidora Ipiranga disse, em nota, que ;houve uma intercorrência em um dos dutos da região, operado por terceiros. A empresa informou que tomou as providências necessárias de logística em sua operação.

Em Brasília, dois gerentes que conversaram com o Correio, afirmaram não saber do problema com o duto. Outro disse que apenas escutou boatos. Os três não quiseram se identificar. (CL)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação