Galo amplia série de derrotas

Galo amplia série de derrotas

Atlético-MG atua com escalação alternativa, joga mal, perde para o Avaí e atinge o sexto revés seguido no campeonato

postado em 24/09/2019 00:00
 (foto: Bruno Cantini/Atlético
)
(foto: Bruno Cantini/Atlético )




O Atlético-MG segue em queda livre no Brasileirão. Ontem, o alvinegro foi derrotado pelo Avaí e chegou ao sexto revés consecutivo na competição nacional. Antes, o time mineiro foi derrotado por Athletico-PR (1 x 0), Bahia (1 x 0), Corinthians (1 x 0), Botafogo (2 x 1) e Inter (3 x 1). A equipe catarinense venceu a primeira em casa.

Apenas três titulares do Atlético-MG iniciaram a partida: Cleiton, Igor Rabello e Cazares. A estratégia foi poupar os principais jogadores para o duelo contra o Colón, pela semifinal da Copa Sul-Americana, na próxima quinta-feira, no Mineirão, quando o Galo tentará a reviravolta para chegar à decisão.

Com desentrosamento visível, o time reserva teve muitas dificuldades. Os donos da casa abriram o placar em jogada de bola parada. Após escanteio e desvio na primeira trave, Jonathan finalizou duas vezes para vencer o lateral Lucas Hernández e balançar a rede.

Pouco depois, o lateral-esquerdo do Galo errou e Jonathan quase ampliou. Na sequência, Leonardo Silva cometeu pênalti bobo no centroavante do Avaí. Na cobrança, Pedro Castro chutou no canto esquerdo de Cleiton, que pulou para defender e salvar o Atlético-MG.

No segundo tempo, Rodrigo Santana mexeu na equipe e colocou Luan e Maicon Bolt em campo nas vagas de Bruninho e Alerrandro. O time atleticano melhorou. Luan, em dois chutes de fora da área, levou muito perigo. O alvinegro pressionou até o fim, mas não conseguiu o gol de empate.






Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação