Primavera, sua linda!

Primavera, sua linda!

A estação chega com esperança de chuva para deixar a capital mais colorida e os gramados cheios de vida

Alan Rios
postado em 24/09/2019 00:00
 (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)


Hora de recomeçar. Buscar novas oportunidades. Essas reflexões costumam vir durante mudanças de ciclos, como a chegada da primavera. O período de tempo seco, gramados sem vida e aquela dificuldade de cumprir as atividades do dia devido às altas temperaturas e baixa umidade começam a ficar para trás. O inverno no Planalto Central dá lugar à primavera, estação que costuma ser a preferida dos brasilienses por trazer novas cores e ares para o Distrito Federal.

As estações mudam devido à translação da Terra, que é um movimento que o planeta executa em torno do Sol de forma elíptica. Em alguns períodos desse movimento, há uma alteração da intensidade de luz. A partir dessas mudanças, são divididos em outono, inverno, primavera e verão. Mas, em outras palavras, a nova estação também pode significar renascimento. ;A primavera propicia um novo período, que é a renovação. Ela marca a transição e vem acompanhada da frutificação e reprodução de muitas árvores e plantas. Apesar de algumas temperaturas ainda altas, a chuva deve chegar para melhorar a qualidade do ar, e isso reflete no comportamento humano;, explica Ruth Laranja, professora do Departamento de Geografia da Universidade de Brasília (UnB).

Neste ano, Brasília ficou durante todo o inverno sem qualquer chuva, segundo registros do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o que cria uma expectativa ainda maior para um ciclo mais prazeroso. ;Essa estação costuma dar mais motivação, porque a paisagem se modifica com as precipitações, temos a chegada das flores e o prenúncio do verão. Isso tudo traz valores positivos, como a melhoria do meio ambiente e da qualidade de vida;, opina Ruth. E é com essa energia que vários brasilienses se sentem mais leves. É o caso de Vagner Luís Silva, 35 anos. O vigilante tem o ciclismo como hobby e sofreu com a última estação.

;Com o tempo mais seco, é muito difícil praticar atividade física, então nos sentimos mais cansados e menos animados. Mas a primavera muda muito. As chuvas chegam limpando o ar, amenizando a poeira e embelezando mais as cidades. Fica até mais agradável pedalar;, diz.

Natureza agradece
A fauna, por exemplo, é beneficiada pela chegada da primavera, porque muitos animais saem do estado de hibernação e os polinizadores, como as abelhas, aumentam o ciclo reprodutivo das plantas. Outro fato que é mais nítido é que os gramados, famosos pelo diálogo estético com a arquitetura da capital, ganham mais cor, como cita a produtora rural Nair Castiglioni, 68, ao lado do marido, Arnoldo. ;Gosto muito da primavera porque as plantas respondem melhor ao cultivo e fica bonito passar pela cidade e ver tudo verdinho. Sem contar que é uma estação que traz felicidade, pelas tonalidades e chuva, principalmente;, celebra.

Também é tempo de renovação para quem vive cuidando da terra e colhendo seus frutos e flores. João Batista Borba, 63, é um exemplo disso. Bancário aposentado, ele passou a criar orquídeas em Sobradinho para aliar o tempo livre com a paixão pelas plantas. ;Hoje, faz 20 anos que tenho um orquidário, e a estação que sempre gostei mais é a primavera;, conta. Dizendo ainda que se sente mais saudável e disposto nessa estação, Batista finaliza: ;Agora vamos torcer para a chuva vir logo e limpar o que ficou para trás;.




Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação