360 Graus

360 Graus

por Jane Godoy janegodoy.df@dabr.com.br
postado em 24/09/2019 00:00
 (foto: Lide Brasília/Divulgação)
(foto: Lide Brasília/Divulgação)
O Feijão Solidário 2019, agendado para 26 de outubro (sábado), está movimentando a Cidades pelas mãos das eficientes e batalhadoras madrinhas, como acontece há três anos o encontro de solidariedade e amizade será no Minas Hall com o apoio dos amigos Helio Queiroz e Ivanilda Queiroz (Nena). Mais informações: 3214 1401 / 3214 1426







Uma reunião importante para Brasília

Fundado em junho de 2003, o Grupo de Líderes Empresariais (Lide) é uma organização de caráter privado, que reúne empresários em nove países e quatro continentes para difundir e fortalecer os princípios éticos de governança corporativa no Brasil e no exterior, promover e incentivar as relações empresariais e sensibilizar o apoio privado para educação, sustentabilidade e programas comunitários. São 1.300 empresas filiadas atualmente, que representam 53% do PIB privado brasileiro. Realizam eventos ao longo do ano, promovendo a integração entre empresas, organizações, entidades privadas e representantes do poder público, com debates, seminários e fóruns de negócios. Na terça-feira (17), no Kubitschek Plaza Hotel, o presidente do Banco de Brasília, Paulo Henrique Costa, falou sobre o papel do BRB como banco de desenvolvimento, um plano de ação para se tornar uma instituição de desenvolvimento regional. Detalhou aos membros do Lide Brasília o plano de recuperação e expansão da instituição. Estiveram presentes na ocasião, além do presidente do Lide Brasília, empresário Paulo Octávio, mais secretários de Estado, empresários, dirigentes de entidades representativas do setor produtivo e diversos políticos do DF.

Durante o encontro organizado pelo empresário Paulo Octávio com o presidente do Banco de Brasília, Paulo Henrique Costa, o secretário de Cultura, Adão Cândido, apresentou o projeto de apoio ao desfile da Unidos de Vila Isabel que, em 2020, fará uma homenagem aos 60 anos de Brasília. Informou que o GDF vai ajudar a escola a captar R$ 4 milhões para o carnaval. ;Temos uma parceria com a escola e estamos tentando ajudá-la a captar recursos para o desfile;, falou ao apresentar o carnavalesco Edson Pereira, que contou alguns detalhes do enredo Gigante pela própria natureza ; Jaçanã e um índio chamado Brasil.

Paulo Octávio, presidente do Lide Brasília, defendeu o apoio do grupo ao evento, usando os recursos via Lei Rouanet.




PAINEL


Muita música para ajudar/Com mais de 10 atrações locais confirmadas, o Festival Cultural Cobogó promete revolucionar Brasília no sábado (28), com muita música, arte e dança. No Setor Comercial Sul, o evento, que possui caráter social, quer resgatar a cultura no Distrito Federal, mostrando o que a cidade tem de melhor: a sua diversidade cultural e artística. Os cobogós, tijolos de cimento perfurados que integram grande parte dos projetos arquitetônicos de Brasília, serviram de inspiração para o projeto, que promete mostrar aos brasilienses toda a riqueza cultural da cidade. ;O festival será perfeito para um encontro entre todos os brasilienses, os candangos da capital, para curtirem um dia cheio de arte, música e dança;, afirma Jordana Naves, uma das idealizadoras do projeto. O Festival Cobogó acontecerá no Beco da Casa da América Latina (Beco do Cal), no Setor Comercial Sul, das 16h às 0h30. O projeto também possui um caráter social e destinará a arrecadação da bilheteria para a @moovfundacao, que atende a comunidade carente da Estrutural. ;Fazendo parte do Cobogó você também ajuda a mover vidas! A fundação MOOV desenvolve importantes projetos envolvendo educação e cultura como princípio de mudança;, explica Jordana Naves.



PINCELADAS


A Aeronáutica comemorou, na sexta-feira (20), o 123; aniversário do Marechal do Ar Eduardo Gomes (foto), que se tornou o Patrono da Força Aérea Brasileira.


Carmen e Enio Bocorny (foto) voaram para a Holanda, onde estão se deliciando com as belezas daquele país e explorando ao máximo as maravilhas em longos passeios a pé, registrando os canteiros de flores e fazendo lindas fotos.


Nas entrelinhas do Hino Nacional é o sugestivo nome do livro recém-lançado por Dad Squarisi e Márcia Duailibe e Por quê? e O Navio, de Iris Borges, foram lançados no Dia da Pátria, 7 de setembro, na CLN 205, com a presença do ilustrador André Cerino. Natanry Osório (foto) foi conferir e se encantou com o que viu e comprou para todos os netos.


Quem partiu para uma aventura de três meses em Capri, na Itália, foi Hiromi (foto) e Laércio Trentini. Vão absorver o modus vivendi daquela ilha maravilhosa, em pleno Mediterrâneo, onde a beleza das escarpas e do azul profundo do mar mais as peças de louça e pedras preciosas, incrustadas em peças de design, jamais serão esquecidas. É assim que se conhece um lugar: vivendo nele por algum tempo.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação