Denunciados 2 por achacar deputado

Denunciados 2 por achacar deputado

postado em 08/10/2019 00:00
A 6; Vara Criminal do Distrito Federal abriu ação penal contra dois youtubers acusados de tentar achacar o deputado federal Luís Miranda (DEM-DF). O alemão Daniel Luís Mogendorff Franken e o brasileiro Mauro Cavanha Conceição foram denunciados pelo Ministério Público do Distrito Federal por exigirem dinheiro e outras vantagens em troca da retirada de vídeos em que o parlamentar era acusado de praticar golpes milionários nos Estados Unidos antes de se eleger deputado. O Correio teve acesso com exclusividade ao relatório da Polícia Civil do DF, que detalha como funcionava o esquema de extorsão.

Daniel, que morava em Israel, foi preso em flagrante em Brasília, dia 5 de setembro deste ano, momentos depois de se encontrar com Miranda num restaurante da cidade. Na ocasião, o deputado, que já havia denunciado as tentativas de extorsão à polícia, usava um aparelho instalado pelos investigadores para gravar a conversa.

Durante o encontro, segundo o relatório da Polícia Civil, Daniel exigiu R$ 360 mil em troca da retirada dos vídeos que atacavam o deputado. Para provar que tinha esse poder, telefonou, na frente de Miranda, para Cavanha, que mora nos Estados Unidos. Na ligação, Daniel pediu que Cavanha retirasse um dos vídeos do ar, o que aconteceu minutos depois.

Ainda durante o encontro no restaurante, Daniel exigiu o pagamento de R$ 400 mil em troca da não publicação de uma reportagem contra o deputado na imprensa. O parlamentar, na ocasião, entregou apenas R$ 4 mil, dizendo que era um adiantamento, e se comprometeu a complementar os valores pedidos posteriormente.

Segundo o relatório da Polícia Civil, ao ser interrogado, Daniel afirmou ter vindo ao Brasil com o objetivo de oferecer a Miranda um serviço de assessoria, no qual estaria incluída a retirada dos vídeos produzidos para desconstruir a imagem do parlamentar. (JV)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação